O esclarecimento e a distinção na alimentação: Uma análise da indústria cultural e a formação do gosto por cervejas especiais

Autores

  • Renato Augusto da Silva Monteiro Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Instituto de Nutrição Josué de Castro. Departamento de Gastronomia. Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Saúde do Instituto NUTES (UFRJ). Rio de Janeiro - RJ https://orcid.org/0000-0002-8662-285X

Palavras-chave:

Esclarecimento, Distinção, Indústria cultura, Habitus, Formação do gosto

Resumo

Colocadas em circulação no mercado, as cervejas especiais se contrapõem às cervejas que passam a ser lidas como comuns. Entre o refinado e o grosseiro, o objeto o qual seja considerado bom ou mau gosto se altera em processos de longa duração. O esclarecimento gera a partir das condições de existência um sistema de conhecimentos em torno da alimentação que se transforma reiterando a dominação por meio da distinção. Neste estudo, analisamos as estratégias de mediação sociocultural da Ambev no Centro de Experiência Cervejeira da Bohemia (CECB). Nossa questão gira em torno das táticas da indústria cultural e do esclarecimento na formação do gosto por cervejas especiais e sua relação com o habitus e a distinção. Problematizamos a degustação como fórmula geradora de estilos de vida, que produz juízos de gosto que reiteram a auto conservação da aparelhagem social e econômica sob uma aparente liberdade de escolha.

Biografia do Autor

Renato Augusto da Silva Monteiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Instituto de Nutrição Josué de Castro. Departamento de Gastronomia. Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Saúde do Instituto NUTES (UFRJ). Rio de Janeiro - RJ

Professor de Café, Bares e Bebidas do Curso de Gastronomia do Instituto de Nutrição da UFRJ. Bacharel em Turismo. Mestre em Educação (UNIRIO). Doutor em Educação em Ciências em Saúde (UFRJ). O texto que submeto a revista é resultado de pesquisa de doutorado.

Downloads

Publicado

05/01/2021