Reforma portuária, trabalho e ação sindical: O exemplo do porto de Itajaí-SC 2000-2016

Autores

  • Gabriel de Souza Bozzano UFRJ/PPGSA - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia. Rio de Janeiro - RJ http://orcid.org/0000-0002-8034-5556

Palavras-chave:

Reforma portuária, Trabalho, Sindicalismo

Resumo

A proposta do artigo é avaliar o impacto de políticas públicas sobre o setor portuário brasileiro a partir do ciclo de reformas iniciado nos anos 2000, tomando como exemplo o caso do porto de Itajaí-SC. Especificamente, a intenção é demostrar o papel dos trabalhadores e sindicatos para a contestação dos efeitos mais nocivos dos processos de privatização portuária em curso nessa cidade. Analisamos como os sindicatos portuários construíram novas formas de cooperar e propor novas formas de organizar seus trabalhos, atuando, desse modo, para o direcionamento da política local de desenvolvimento portuário.

Biografia do Autor

Gabriel de Souza Bozzano, UFRJ/PPGSA - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia. Rio de Janeiro - RJ

Doutor em sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/PPGSA)

Downloads

Publicado

05/01/2021