De cavalos e homens: História, poder, estratégias e representações

Autores

  • Ana Paula Garcia Boscatti UFSC- Universidade Federal de Santa Catarina. 88.040-900 - Florianópolis - SC https://orcid.org/0000-0002-8463-4099
  • Miriam Adelman UFPR Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas Letras e Artes. Departamento de Ciências Sociais. Programa de pós-graduação em Sociologia. Programa de pós-graduação em Letras. Curitiba - PR https://orcid.org/0000-0003-4482-2578

Palavras-chave:

Cavalos, Poder, Representações, masculinidade, Humanoanimal

Resumo

O cavalo, animal que teve um papel fundamental na história moderna, foi também, em contextos específicos, incorporado a regimes simbólicos dominantes, tomando-se sigmficante de status, poder e naçào. Discutimos algumas manifestações em que o cavalo foi usado para cultivar a ilusão nacional brasileira, em prol da ordem masculina, da “branquitude” e dos privilégios de classe através de representações épicas da guerra. Embora sejam expressões historicamente preeminentes, há também outros sujeitos e práticas que emergem da cultura equestre, deslocando a hegemonia simbólica — sobretudo, as mulheres que ao se mostrarem eximias cavaleiras, desafiam códigos culturais e ressigmficam várias dnnensões da relação humano-equino. A mudança de práticas e representações também aciona uma fenunilizaçào do mundo equestre que avança para modelos afetivos e sentimentais, focando, além de esporte e lazer, vínculos de "cuidado" e serviços como "terapias” (medicalizadas ou não). Essas representações e práticas também nos fazem pensar sobre fronteiras e nuances da relação humano-animal.

Biografia do Autor

Ana Paula Garcia Boscatti, UFSC- Universidade Federal de Santa Catarina. 88.040-900 - Florianópolis - SC

É sociológa com Mestrado na École des Hautes Études en Sciences Sociales e Doutorado interdisciplinar em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Miriam Adelman, UFPR Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Humanas Letras e Artes. Departamento de Ciências Sociais. Programa de pós-graduação em Sociologia. Programa de pós-graduação em Letras. Curitiba - PR

É professora associada do Programa de Pós-graduação em Sociologia (PGSOCIO), do Programa de Pós-graduação em Letras (PGLETRAS, área de Estudos Literários) e o Curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Paraná

Downloads

Publicado

05/01/2021