Apropriações e reapropriações culturais em Salvador-BA

Sobre a espetacularização urbana e a dialética da malandragem

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.15691

Palavras-chave:

Apropriação cultural, Reapropriação cultural, Salvador-BA, Espetacularização urbana, Dialética da malandragem

Resumo

Este texto busca, em um primeiro momento, apresentar uma tipologia analítica acerca das práticas culturais, usos e tensões de significados tecidos no contexto da experiência da vida urbana em determinados espaços da cidade de Salvador-BA, durante o contexto de preparação e realização dos megaeventos esportivos da Fédération Internationale de Football Association (FIFA). Nesta perspectiva, o trabalho vincula a imersão teórica e empírica, realizada no âmbito da pesquisa doutoral, com a tematização acerca das relações entre as lógicas de produção urbana e os efeitos desses processos nos comportamentos que experimentam e (res)significam os usos dos espaços. De maneira mais ampla, a questão das práticas culturais é interpenetrada pelo horizonte que transita do direito à cidade ao ideário de cidades espetacularizadas, expressas sobretudo pelo paradigma da criatividade. Por fim, proponho reler a relação entre as apropriações e reapropriações culturais a partir da ideia de dialética da malandragem, caracterizada por Antonio Candido como espectro formativo da cultura brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ewerthon Clauber de Jesus Vieira, Universidade Federal de Sergipe (UFS), São Cristóvão – SE – Brasil

Professor de Sociologia do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe. Doutor em Sociologia.

Publicado

25/04/2022

Como Citar

Vieira, E. C. de J. (2022). Apropriações e reapropriações culturais em Salvador-BA: Sobre a espetacularização urbana e a dialética da malandragem. Estudos De Sociologia, 27(esp1), e022006. https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.15691