Fraturas espaciais

A toponímia como tipologia de dominação social

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.16312

Palavras-chave:

Toponímia, Poder simbólico, Dominação social, Urbanismo, Cidades

Resumo

A primazia da moradia articula-se com o território, esquadrinhados em bairros, cujos próprios nomes podem refletir os conceitos de luxúria, privilégios, pobreza e submissão, como sendo a urdidura das assimetrias de poder político e social. Com essa premissa, o presente artigo apresenta a simbologia do espaço urbano através de sua toponímia, como representação concreta da rígida estrutura tradicional, conservadora e excludente das cidades. Para este estudo, foram selecionados dois municípios médios – Araraquara e Taubaté, no estado de São Paulo. Tendo o toponímio como referência e classificando o conjunto de nomes a partir da taxinomia de Maria Vicentina de Paula do Amaral Dick, aponta-se o contraste simbólico dos nomes entre os conjuntos habitacionais voltados para população pobre e os condomínios e bairros voltados para a população rica, em ambos os casos tendo as classes dominantes como as detentoras do poder de nomeação do espaço e criação de significados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Alves Orsi, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Professor Associado no Departamento de Ciências Sociais. Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais. Coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Desenvolvimento Urbano e Ambiental (NEPDUA/CNPq).

Rodrigo Alberto Toledo, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Limeira – SP – Brasil

Professor Colaborador no Programa de Pós-Graduação do ICHSA, Pesquisador de Pós-Doutorado, Pesquisador Associado ao Laboratório de Estudos do Setor Público, LESP, ao Laboratório de Tecnologia, Sociedade e Democracia, LATESD e ao Laboratório de Economia e Gestão, LEG. Doutor em Ciências Sociais (UNESP).

Murilo Petito Cavalcanti, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Desenvolvimento Urbano e Ambiental (NEPDUA/CNPq). Mestrado em Ciências Sociais (UNESP).

Publicado

25/04/2022

Como Citar

Orsi, R. A., Toledo, R. A., & Cavalcanti, M. P. (2022). Fraturas espaciais: A toponímia como tipologia de dominação social. Estudos De Sociologia, 27(esp1), e022007. https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.16312