Infiltrando o Estado: a evolução da reforma da saúde no Brasil, 1964-1988

Autores

  • Tulia G. Falleti
  • Alan César Belo Angeluci

Palavras-chave:

Reforma dos serviços de saúde, Municipalização, Movimento sanitário, Mudança institucional, Federalismo Brasil

Resumo

O artigo analisa a evolução institucional do sistema de saúde que resultou na universalização da cobertura e na municipalização da provisão de serviços de saúde no Brasil. Eu argumento que o processo de transformação da relação entre Estado e sociedade no contexto do Estado autoritário facilitou a infi ltração de grupos sociais reformistas na burocracia estatal. Esses ativistas reorientaram a política de saúde autoritária através do estabelecimento de novos objetivos. Ao analisar este caso de mudança institucional, o artigo utiliza uma perspectiva gradualista para compreender a evolução institucional e alerta os estudiosos do tema sobre a inadequação de priorizar as explicações centradas em conjunturas críticas ou nos efeitos predeterminados para explicar as mudanças ou a inércia institucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24/09/2010

Como Citar

Falleti, T. G., & Angeluci, A. C. B. (2010). Infiltrando o Estado: a evolução da reforma da saúde no Brasil, 1964-1988. Estudos De Sociologia, 15(29). Recuperado de https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/2970