Políticas públicas e investimento social: quais as consequências para a cidadania social das mulheres?

Autores

  • Jane Jenson

Palavras-chave:

Políticas públicas, Igualdade dos sexos, Cidadania social, Investimento social, Care, Conciliação trabalho/família,

Resumo

Lançada em meados dos anos 1990, a abordagem do investimento social tem se expandido nos países da OCDE e da América Latina. Se desde os anos 1960 os sistemas de proteção social deram certo espaço às reenvindicações dos movimentos das mulheres, em nome da igualdade, atualmente, as políticas públicas que valorizam o investimento social reduzem a sua importância, apesar do fato de que uma sensibilidade de gênero faça parte de sua abordagem. Este artigo demonstra o quanto e como as políticas sociais que valorizam o investimento social são uma ameaça para o projeto feminista de igualdade na cidadania social, apesar de imbuídas de certa sensibilidade de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Jenson, J. (2012). Políticas públicas e investimento social: quais as consequências para a cidadania social das mulheres?. Estudos De Sociologia, 17(32). Recuperado de https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/4929