Produção de agrodiesel no semi-árido mineiro: controvérsias e questões

Klemens Laschefski, Rômulo Barbosa

Resumo


O presente artigo é produto de pesquisas sobre o processo de produção de agrocombustíveis no Brasil e no Norte de Minas Gerais, as políticas públicas subsidiárias, bem como a problemática da inserção da agricultura familiar. Assim, objetiva-se discutir a produção de agrodiesel no semi-árido brasileiro, com enfoque em sua porção mineira, abordando as características do processo. Para tanto, utilizouse de informações obtidas por meio de técnica de observação direta, entrevistas, além de dados estatísticos disponibilizados em bases eletrônicas públicas. Considerou-se que a produção de agrodiesel se estruturou no semi-árido do país, potencializando a cadeia agroindustrial da soja, bem como reestruturando, no Norte de Minas Gerais, a lavoura de mamona e a reinserção dos agricultores familiares na cadeia ricinoquímica, revelando controvérsias e questões entre as premissas da política pública de produção e uso de agrodiesel e a real inserção dos agricultores familiares.

Palavras-chave


Agrodiesel; Semi-árido; Agricultura familiar;

Texto completo:

PDF


E-ISSN: 1982-4718
ISSN: 1414-0144

Licença Creative Commons
Revista Estudos de Sociologia by Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 3.0 Unported License.