Sustentabilidade, entre Ecologia e Sociologia

Autores

  • Roberto Donato da Silva Junior Doutorando em Ambiente e Sociedade. UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais. Campinas – SP – Brasil. 13083-896
  • Leila da Costa Ferreira UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas – Departamento de Sociologia. Campinas – SP – Brasil. 13081-970

Palavras-chave:

Ecologia, Sociologia, Estudos sociais das ciências, Sustentabilidade, Teoria social,

Resumo

O objetivo é oferecer uma análise da produção científica sobre sustentabilidade em ecologia e sociologia, no intervalo entre Rio92 e Rio+20. Pretende-se observar as transformações conceituais do termo nas ciências que alimentam o debate sobre meio ambiente e sociedade. O foco está na tensão entre disciplinaridade e interdisciplinaridade no contexto de estabelecimento da relação entre artefato científico e propositividade política. Assim, foram analisados quinze dentre os vinte e cinco artigos mais citados no sítio web of science em cada ciência, sobre os temas sustainability e sustainable, entre 1990 e 2010. A análise fundamentou-se na teoria da modernização reflexiva e nos estudos sociais da ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Silva Junior, R. D. da, & Ferreira, L. da C. (2013). Sustentabilidade, entre Ecologia e Sociologia. Estudos De Sociologia, 18(35). Recuperado de https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/6462