A pesquisa sociopoética nas Ciências Sociais

Autores

  • Marilia Veronese UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Centro de Ciências Humanas. São Leopoldo – RS
  • Adriane Ferrarini UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Centro de Ciências Humanas. São Leopoldo – RS

Palavras-chave:

Pesquisa, Método Sociopoético, Epistemologias do Sul,

Resumo

A ocidentalização do mundo moderno foi epistemologicamente alicerçada na imposição colonial da ciência moderna como fonte exclusiva de conhecimento crível, gerando a invalidação de saberes populares e tradicionais. Debates epistemológicos contemporâneos têm demonstrado a necessidade de ampliação das fronteiras de produção do conhecimento. Contudo, identificase uma carência de métodos investigativos no campo das ciências sociais para a produção de conhecimento em perspectiva pós-colonial. Neste trabalho, objetiva-se analisar o potencial da sociopoética para acessar as epistemologias do Sul através da apresentação de duas experiências realizadas no estado do Rio Grande do Sul (Brasil): numa comunidade indígena e com um grupo de trabalhadores(as) da economia solidária. Os resultados demonstraram que a sociopoética é um método inovador, capaz de incorporar elementos éticos, estéticos e cognitivos na produção do conhecimento nas ciências sociais. Sua aplicação, entretanto, apresenta desafios técnicos e ético-políticos à formação convencional do pesquisador e à participação dos sujeitos na pesquisa.

Biografia do Autor

Marilia Veronese, UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Centro de Ciências Humanas. São Leopoldo – RS

Doutora em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professora e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo/ RS.

Adriane Ferrarini, UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Centro de Ciências Humanas. São Leopoldo – RS

Doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora e pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo/ RS.

Downloads

Publicado

19/12/2016