O sindicalismo da agricultura familiar e a construção da pauta ambiental no sul do Brasil

Everton Lazzaretti Picolotto

Resumo


As preocupações ambientais têm influenciados os projetos políticos e a construção das pautas das organizações de agricultores familiares. O objetivo deste artigo é analisar como estas preocupações foram assimiladas pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da região Sul (FETRAF-Sul) na região Sul do Brasil. Com base em pesquisa documental e entrevistas com lideranças de agricultores fez-se uma leitura sobre o processo de construção da pauta ambiental no sindicalismo. Desde meados da década de 1980 o tema ambiental vem se fazendo presente nas preocupações sindicais, entretanto, a forma como ele vem sendo entendido muda ao logo dos anos. Se em um primeiro momento tendia a ser associado com as consequências negativas da modernização da agricultura, no período mais recente o tema ambiental vem sendo colocado no centro do projeto de agricultura do sindicalismo e passa a fomentar uma possível positivação do modelo de produzir da agricultura familiar.


Palavras-chave


Agricultura familiar; Sindicalismo; Pauta ambiental; Agroecologia; Fetrafsul;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32760/1984-1736/REDD/2012.v5i1.4956

Direitos autorais 2013 REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

 

 

 

E-ISSN: 1984-1736

UNESP - Universidade Estadual Paulista / Araraquara
GT Trabalho e Trabalhadores Departamento Sociologia Rod. Araraquara - Jaú Km1 Bairro dos Machados Caixa Postal 174 CEP: 14.800-901 Araraquara - SP