ANÁLISE DE GÊNERO MULTIMODAL: CAPA DE LIVRO DE AUTOAJUDA

Julio Neves Pereira

Resumo


O trabalho visa apresentar resultados de análise semiótica da capa de três livros de autoajuda; mostrar os procedimentos de manipulação, verificando, de um lado, como os elementos visuais e verbais se estruturam para efetivar o intento; qual sistema predomina nesse gênero: se o simbólico ou o semissimbólico. Observou que nas capas analisadas o sistema de símbolos sobredetermina o semissimbólico, visto que mobiliza elementos cristalizados que remetem a situações sócio-históricas, produzindo o efeito de sentido identidade (entre enunciador e enunciatário). Assim, neste trabalho, toma-se o uso do símbolo como recurso de manipulação do leitor-enunciatário.

Palavras-chave


Autoajuda; Semissimbolismo; Gênero; Símbolo; Multimodalidade, Multissemiótico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21709/casa.v10i2.5604



E-ISSN: 1679-3404