A noção bourdieusiana de hexis corporal em teses e dissertações brasileiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.14265

Palavras-chave:

Hexis corporal, Habitus, Pierre Bourdieu, Catálogo de Teses & Dissertações da CAPES

Resumo

O artigo apresenta a noção de hexis corporal na obra de Bourdieu e um levantamento de sua utilização em teses e dissertações brasileiras. A noção de hexis corporal compreende as disposições corporais do habitus, trata-se da compreensão do corpo enquanto um signum social. A busca realizada no Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES revelou a utilização da noção de hexis corporal em pesquisas empíricas com diversos grupos sociais, tais como: professores, militares, camponeses, esportistas, dentre outros. Nessas pesquisas, a noção é associada às análises que remetem a outros aspectos da obra de Bourdieu: a distinção social, o senso prático, as disputas simbólicas, as matrizes de classificações sociais e ao corpo socialmente tratado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Aparecido dos Santos, Universidade Estadual Paulista – (UNESP), Araraquara – SP – Brasil.

Doutorando (CAPES-DS) no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais.

Mateus Tobias Vieira, Universidade Estadual Paulista – (UNESP), Araraquara – SP – Brasil.

Doutorando (CAPES-DS) no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais e membro do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Emoções, Sociedade, Poder, Organização e Mercado (NESPOM).

Luci Regina Muzzeti, Universidade Estadual Paulista – (UNESP), Araraquara – SP – Brasil.

Professora Associada. Departamento de Didática. Faculdade de Ciências e Letras -UNESP - Campus Araraquara.

Downloads

Publicado

22/09/2021

Como Citar

Suficier, D. M., Santos, A. A. dos, Vieira, M. T., & Muzzeti, L. R. (2021). A noção bourdieusiana de hexis corporal em teses e dissertações brasileiras. Estudos De Sociologia, 26(51). https://doi.org/10.52780/res.14265