Desafios do Orçamento Participativo

um estudo no Brasil (Araraquara-SP) e em Portugal (Cascais)

Autores

  • Lígia Lüchmann UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Sociologia e Ciência Política. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Ciência Política (PPGSCP). Florianópolis – SC – Brasil https://orcid.org/0000-0003-2622-2106
  • Carla Giani Martelli UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”. Departamento de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências e Letras. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS). Araraquara – SP – Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1839-2140
  • Luana Taborda UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Sociologia e Ciência Política. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Ciência Política (PPGSCP). Florianópolis – SC – Brasil https://orcid.org/0000-0002-1712-1963

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.14726

Palavras-chave:

Orçamento Participativo, Araraquara-SP, Cascais, Democracia, Sistemas Participativos

Resumo

A difusão e a proliferação do Orçamento Participativo (OP) pelos diferentes países e continentes do mundo vêm suscitando o enfrentamento de diversos desafios relacionados à governança democrática, como o compartilhamento do poder político; a promoção de inclusão política; e o aprendizado social e institucional. Diante disso, o artigo visa analisar dois casos distintos de Orçamentos Participativos (OPs) – Araraquara-SP (Brasil) e Cascais (Portugal) – observando em que medida estão enfrentando esses e outros desafios a partir de dimensões como a competência decisória, os recursos, as regras institucionais, os espaços de participação, o uso de tecnologias digitais, o número e o perfil dos participantes, as medidas voltadas para o aprendizado, e a sua inserção em um sistema mais amplo de participação. As diferenças encontradas entre os dois casos estão relacionadas aos respectivos contextos políticos e sociais e às diferentes trajetórias e propósitos dos OPs nos dois países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lígia Lüchmann, UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Sociologia e Ciência Política. Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Ciência Política (PPGSCP). Florianópolis – SC – Brasil

Professora associada do Depto. de Sociologia e Ciência Política da UFSC e vinculada à Linha de pesquisa "Movimentos sociais, participação e democracia" do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política desta Universidade. Doutora em Ciências Sociais pela Unicamp, com estágio de pós-doutorado pela University of British Columbia, com interesse nos seguintes temas: associativismo, sociedade civil, teorias da democracia, participação e novos formatos de representação política. 

Downloads

Publicado

21/05/2021

Como Citar

Lüchmann, L., Martelli, C. G., & Taborda, L. (2021). Desafios do Orçamento Participativo: um estudo no Brasil (Araraquara-SP) e em Portugal (Cascais). Estudos De Sociologia, 26(50). https://doi.org/10.52780/res.14726