Os governos de Lula da Silva e os impasses à participação no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.14748

Palavras-chave:

Participação, Governo Lula da Silva, Democracia Liberal, Conciliação entre classes

Resumo

O objetivo deste artigo é verificar como a correlação de forças e a assimetria de recursos políticos impactaram no processo de implementação de mecanismos de participação nos governos de Lula da Silva (2003-2010). Para tanto, realizamos um estudo de caso com foco em duas dimensões: a) correlação de forças políticas e econômicas – com a oposição partidária e setores empresariais e b) recursos políticos – oriundos dos legados institucionais, do sistema político, dos pactos e da base de apoio social. Concluímos que apesar dos impasses institucionais e da correlação de forças políticas ideologicamente heterogênea houve avanços em relação à participação política e ao acesso a bens sociais de setores até então marginalizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

21/05/2021

Como Citar

Alves Fukushima, K., & Braga, M. do S. S. . (2021). Os governos de Lula da Silva e os impasses à participação no Brasil. Estudos De Sociologia, 26(50). https://doi.org/10.52780/res.14748