A pandemia territorializada

Vida diária em dois bairros de Buenos Aires

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.15863

Palavras-chave:

Pandemia, Território, Vida quotidiana, Mobilidade, Buenos Aires

Resumo

Este artigo trata da experiência da pandemia de COVID-19 na perspectiva de moradores de dois bairros da cidade de Buenos Aires, Argentina. Neste quadro, debruça-se sobre as mudanças, adaptações e redefinições que o contexto pandêmico impôs ao quotidiano na sua interface com o território. Dá atenção especial à vivência do isolamento social preventivo e obrigatório e seus impactos na sociabilidade do bairro. A análise parte do pressuposto de que a pandemia, embora de natureza global, tem efeitos e significados com ancoragem local, enfatizando sua natureza situada. Efeitos e significados são lidos em articulação com as práticas de adaptação realizadas pelos cidadãos. A estratégia metodológica em que se baseia o trabalho é qualitativa. Foram realizadas 11 entrevistas em profundidade com moradores dos bairros Lugano e San Telmo da Cidade de Buenos Aires, no mês de julho de 2021. Os principais achados têm a ver com as estratégias de adaptação individual e coletiva que se configuram no contexto da pandemia para sustentar a vida diária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

María Mercedes Di Virgilio, Universidade de Buenos Aires (UBA), Instituto de Pesquisa Gino Germani (IIGG/CONICET), Buenos Aires – Argentina

Professora titular da Faculdade de Ciências Sociais. Investigadora principal CONICET. Doutora em Ciências Sociais.

Maria Agustina Frisch, CONICET

Licenciatura em Sociologia. Bolsista de Doutorado. Doutoranda em Ciências Sociais (UBA).

Mariano Daniel Perelman, Universidade de Buenos Aires (UBA), Instituto de Pesquisa Gino Germani (IIGG/CONICET), Buenos Aires – Argentina.

Chefe do Trabalho Prático da Faculdade de Filosofia e Letras (UBA). Pesquisador Independente CONICET. Doutor em Antropologia.

Publicado

25/04/2022

Como Citar

Di Virgilio, M. M., Frisch, M. A., & Perelman, M. D. (2022). A pandemia territorializada: Vida diária em dois bairros de Buenos Aires. Estudos De Sociologia, 27(esp1), e022002. https://doi.org/10.52780/res.v27iesp1.15863