Sobre a irremediável educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.52780/res.v27iesp.2.16717

Palavras-chave:

Medicalização, Sujeito, Infância, Educação

Resumo

Na esteira da tradição dos estudos psicanalíticos em educação, o autor elucida a insistência atual dos adultos, ora profissionais ora simples pais, de administrarem medicamentos às crianças quando estas não estariam de fato doentes. O raciocínio se estrutura em torno do contraponto entre duas experiências educativas ocorridas no século XIX, a do “garoto selvagem do Aveyron”, na França pós-revolucionária e a de Helen Keller, uma menina de sete anos cega e surda, nos Estados Unidos pós-guerra de secessão. Tal contraponto permite esclarecer o que está em pauta em toda educação que se preze; não uma educação eficaz, como costuma-se sonhar hoje em dia, mas subjetivante, isto é, passível de fazer emergir um sujeito de palavra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro de Lajonquière, Université Paris 8 Vincennes Saint-Denis (Paris8), Saint-Denis – França

Diretor de Pesquisas, Ecole doctorale Pratiques et Théories du Sens. Doutor em Educação.

Referências

DE LAJONQUIÈRE, L. Infância e ilusão (psico)pedagógica. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999.

DE LAJONQUIÈRE, L. A psicanálise e o debate sobre o desaparecimento da infância. Educação & Realidade, v. 31, n. 1, p. 89-106, 2006. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/22973. Acesso em: 10 jan. 2022.

DE LAJONQUIÈRE, L. Figures de l’infantile. Paris: L’Harmattan, 2013.

DE LAJONQUIÈRE, L. Des réminiscences, de la vérité et de l’histoire chez Freud. Analyse Freudienne Presse, n. 26, p. 49-60, 2019. DOI: 10.3917/afp.026.0049

DE LAJONQUIÈRE, L. De l’invention bien humaine de la haine. Analyse Freudienne Presse, n. 27, p. 53-66, 2020a. DOI: 10.3917/afp.027.0053

DE LAJONQUIÈRE, L. Por uma escola inclusiva ou da necessária subversão do discurso (psico)pedagógico hegemónico. Revista Política & Sociedade, v. 19, n. 46, p. 39-64, 2020b. DOI: 10.5007/2175-7984.2020.e73724

DE LAJONQUIÈRE, Leandro. Pour que l’éducation soit au rendez-vous dans l’inclusion scolaire. Psychologie Clinique, n. 50, p. 25-35, 2020c. DOI: 10.1051/psyc/202050025

DE LAJONQUIÈRE, L. Pour une clinique de l’apprendre entre connaissance et savoir. Cliopsy, n. 24, p. 89-105, 2020d. DOI: 10.3917/cliop.024.0089

DE LAJONQUIÈRE, L. A psicanálise, o autismo e a prevenção na infância: a polêmica Lei 13.438. In: CAPONI, S.; STOLF-BRZOZOWSKI, F.; DE LAJONQUIERE, L. (org.). Saberes expertos e medicalização da infância. São Paulo: Liber Ars, 2021a. p. 91-117.

DE LAJONQUIÈRE, L. De um psicanalista na educação. In: ROSADO, J.; PESSOA, M. (org.) As abelhas não fazem fofoca. Estudos psicanalíticos no campo da educação. São Paulo: Instituto Langage, 2021b. p. 13-38.

FREUD, S. Tótem y Tabú [1912-13]. In: FREUD, S. Obras completas. Madri: Biblioteca Nueva, 1973a. v. 2, p. 1745-1850.

FREUD, S. Prefacio para un libro de August Airchhorn [1925]. In: FREUD, S. Obras completas. Madri: Biblioteca Nueva, 1973b. v. 3, p. 3216-3217.

FREUD, S. Em malestar en la cultura [1929]. In: FREUD, S. Obras completas. Madri: Biblioteca Nueva, 1973c. v. 3, p. 3017-3067.

ITARD, J. Victor de l’Aveyron [1801]. Paris: Éditions Allia, 1994.

KELLER, H. The story of my life – with her letters (1887-1901) and a supplementary account of her education, including passages from the reports and letters of her teacher, Anne Mansfield Sullivan. New York: Doubleday Page & Company, 1903.

LACAN, J. Fonction et champ de la parole et du langage en psychanalyse [1953]. In: LACAN, J. Écrits. Paris: Éditions du Seuil, 1966. p. 37-322.

LACAN, J. Le Séminaire. Livre XX - Encore [1972-1973]. Paris: Editions du Seuil, 1975.

LACAN, J. Deux notes sur l’enfant [1969]. Ornicar? n. 37, 1986. p. 13-14.

LACAN, J. Joyce le Symptôme [1975]. In: LACAN, J. Autres écrits. Paris: Editions du Seuil Paris: Editions du Seuil, 2001. p. 565-570.

O GAROTO selvagem. Direção: François Truffaut, Título Original: L’enfant sauvage. França, 1969.

O MILAGRE de Anne Sullivan. Direção: Arthur Penn. Título original: The Miracle Worker. Estados Unidos da América-USA, 1962.

PIAGET, J. Biologie et connaissance. Paris: Gallimard, 1967.

Publicado

30/09/2022

Como Citar

DE LAJONQUIÈRE, L. Sobre a irremediável educação. Estudos de Sociologia, Araraquara, v. 27, n. esp.2, p. e022018, 2022. DOI: 10.52780/res.v27iesp.2.16717. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/16717. Acesso em: 6 fev. 2023.