Sobre a aplicabilidade da teoria de Ulrich Bech à realidade brasileira: situação de saúde e ação política

Autores

  • Aurea Maria Zöllner Ianni

Palavras-chave:

Teoria social, Sociedade de risco, Saúde pública, Política,

Resumo

Este artigo é parte dos resultados da pesquisa sobre a obra de Ulrich Beck, mais especifi camente sobre a teoria da sociedade de risco. Trata-se de um ensaio no qual se argumenta sobre a pertinência das proposições teóricas do autor e sua aplicabilidade aos estudos brasileiros. Toma-se o campo da Saúde Pública, no Brasil, como universo de análise, e mostra como a situação de saúde e o sistema de saúde, no país, refl etem as questões teóricas propostas por Beck. Abordam-se as novas desigualdades sociais, a invisibilidade e imperceptibilidade dos processos, a complexidade causal dos fenômenos, os efeitos colaterais latentes e a questão da (sub)política, tendo sempre por referência o campo da Saúde Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

24/09/2010

Como Citar

Ianni, A. M. Z. (2010). Sobre a aplicabilidade da teoria de Ulrich Bech à realidade brasileira: situação de saúde e ação política. Estudos De Sociologia, 15(29). Recuperado de https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/2975