Dessindicalização, institucionalização e representação sindical

Guilherme Carvalho

Resumo


O artigo apresentado propõe uma análise das condições atuais do sindicalismo, sugerindo, como hipótese, a adoção de certas ações que constituem fenômenos para a questão sindical como resultado das dificuldades impostas a estas organizações nos últimos anos. Duas tendências, a dessindicalização e a institucionalização dos sindicatos, são debatidos com base em pesquisas científicas de pesquisadores. Pela oposição entre as duas tendências objetiva-se demonstrar que a situação atual do sindicalismo, principalmente o brasileiro, é composta por fatores de perda e de ganho de representatividade que justificam a consolidação do sindicalismo de novo tipo, contrariando as teses que defendem o seu fim ou inércia. Nesse ensaio, busca-se o aprofundamento da ideia de representação sindical como elemento ahistórico fundamental e necessário para a existência dos sindicatos e, por esse motivo, motor das ações sindicais. Palavras-chave: Representação sindical. Representatividade sindical. Dessindicalização. Institucionalização sindical.

Palavras-chave


Representação sindical; Representatividade sindical; Dessindicalização; Institucionalização sindical

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32760/1984-1736/REDD/2009.v1i2.1722

Direitos autorais 2009 REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

 

 

 

E-ISSN: 1984-1736

UNESP - Universidade Estadual Paulista / Araraquara
 Rod. Araraquara - Jaú Km1 Bairro dos Machados Caixa Postal 174 CEP: 14.800-901 Araraquara - SP