Implicações das relações sociais de sexo e das imagens de gênero para a reprodução das desigualdades de gênero em empresas

Tadeu Gomes Teixeira

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar as implicações das relações sociais de sexo e das imagens de gênero para a inserção profissional de mulheres nas empresas, com foco nas diferenças qualitativas de participação feminina nos postos de trabalho, como a dificuldade de ascender a cargos de liderança e a decorrente diferença salarial e nas formas não explícitas de discriminação baseadas nas relações de sexo. Evidencia-se que as imagens de gênero que atribuem às mulheres a responsabilidade pelas atividades de reprodução também influenciam a distribuição dos postos de trabalho a homens e mulheres no mercado de trabalho, cabendo às mulheres uma inserção secundária. Assim, a despeito de uma crescente participação feminina no mercado de trabalho, as ações dos empresários são orientadas pelo mesmo imaginário social que aponta para lugares e atribuições sociais hierarquizados e desiguais para homens e mulheres. Com isso, reproduz-se nas empresas não só as relações sociais de sexo desiguais, mas também a mesma imagem sobre as relações de gênero.

Palavras-chave


Relações sociais de sexo; Imagens de gênero; Mercado de trabalho; Desigualdade de gênero no trabalho;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32760/1984-1736/REDD/2011.v4i1.5048

Direitos autorais 2012 REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

 

 

 

E-ISSN: 1984-1736

UNESP - Universidade Estadual Paulista / Araraquara
GT Trabalho e Trabalhadores Departamento Sociologia Rod. Araraquara - Jaú Km1 Bairro dos Machados Caixa Postal 174 CEP: 14.800-901 Araraquara - SP