Cartografia do espaço de consultoria brasileiro e as formas de recontextualização e internacionalização dos intercâmbios e conteúdos gerenciais

Julio Cesar Donadone

Resumo


Coloca-se como objetivo estudar diretamente as articulações sociais que produzem a internacionalização e as formas de naturalização dos conteúdos gerenciais, ou seja, investigo os atores engajados na temática da consultoria, relacionados as consultorias em gestão com os espaços sociais dos diversos agentes, que trabalham para a internacionalização econômica, bem como os cenários que eles constroem para realizá-la. Para tanto, o estudo pretende contribuir com o entendimento do processo de crescimento do mercado de consultorias brasileiro, suas formas de atuação e o relacionamento com as demais organizações, procurando identificar suas características, principais mudanças nas últimas décadas e as especificidades do setor no Brasil. Nesta parte do trabalho, objetivo, em conjunto com o mapeamento dos diversos agentes presentes, compreender como os consultores constroem as representações sociais de si próprios e do espaço da consultoria, como posicionam os concorrentes, suas formas de agir, a dinâmica das lutas internas do meio, suas interdependências com o mercado de consultoria internacional e como se relacionam com setores que interagem de formas mais diretas com o universo das consultorias, em especial, os quadros gerenciais das empresas e os setores relacionados à produção e difusão de conceitos e práticas organizacionais.

Palavras-chave


Intermediários; Consultoria; Gerentes; Internacionalização;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.32760/1984-1736/REDD/2012.v4i2.5184

Direitos autorais 2012 REDD – Revista Espaço de Diálogo e Desconexão

 

 

 

E-ISSN: 1984-1736

UNESP - Universidade Estadual Paulista / Araraquara
GT Trabalho e Trabalhadores Departamento Sociologia Rod. Araraquara - Jaú Km1 Bairro dos Machados Caixa Postal 174 CEP: 14.800-901 Araraquara - SP