O patrimonialismo na consolidação do Estado nacional brasileiro: os fundamentos da modernização à luz dos conceitos de Raymundo Faoro

Lucas Barbosa De Santana

Resumo


Este artigo apresenta como a modernização nacional está atrelada ao patrimonialismo no Brasil à luz dos conceitos de Raymundo Faoro. Será verificada também a importante contribuição de Max Weber ao desenvolvimento dos conceitos teorizados por Raymundo Faoro. O objetivo é mostrar a relação histórica entre nossas instituições e a forma como são conduzidas para a consolidação do Estado e da sociedade no Brasil. 


Palavras-chave


Patrimonialismo; Modernização nacional; Raymundo Faoro

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO. José Murilo de: As raízes da corrupção no Brasil. Brasil: 2017. Deutsche Welle Brasil. 12 jun. 2017. Disponível em: . Acesso em: 10/01/2018. Entrevista concedida a Clarissa Neher.

FAORO, Raymundo: A Aventura Liberal numa Ordem Patrimonialista. Revista USP, n. 17. p. 14-29. 1993.

FAORO, Raymundo: Existe um pensamento político brasileiro? São Paulo: Ática, 1994.

FAORO, Raymundo: Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. 8. ed. Rio de Janeiro: Globo, 1989.

WEBER. Max: Ciência e Política: Duas vocações. 14ªed. São Paulo: Cultrix, 2013.

WEBER, Max: Economia e Sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Brasília, DF: UNB, 1999, v. 2, 580p.

WEBER, Max: Ensaios de Sociologia. 5. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1962.




DOI: https://doi.org/10.29373/semaspas.unesp.v7.n1.jan/jun.2018.11590



 

 

Rev. Sem Aspas, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN  2358-4238

DOI Prefix: 10.29373/semaspas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.