Religiosidade no século XXI: misticismo, ateísmo ou indiferença

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v10i00.15330

Palavras-chave:

Religiosidade, Ateísmo, Igreja católica, Supermercado de religiões, Novos movimentos religiosos

Resumo

No presente artigo propomo-nos abordar a problemática das perceções de religiosidade na comunidade leiga e a indiferença religiosa, bem como questionar qual o papel da Igreja na renovação ou manutenção da fé visando compreender qual a profundidade do relativismo religioso na comunidade. Partindo de estudos prévios e fundamentados com bibliografia da especialidade, seguiremos para um estudo de campo realizado através de inquérito, visando confirmar as tendências descritas na literatura publicada. Conclui-se que a existência de um indiferentismo religioso na comunidade não se confirma no estudo de campo, mas sim de um catolicismo acomodado e apenas de fachada, que adopta aquilo que lhe convém e rejeita aquilo que é dificil, desagradável ou trabalhoso, nomeadamente o cumprimento de certos preceitos religiosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Capella Martins, Universidade Católica Portuguesa (UCP), Braga

Mestrando em Ciências Religiosas.

Referências

EUROPEAN SOCIAL SURVEY. «ESS data». Disponível em: http://nesstar.ess.nsd.uib.no/webview/index.jsp?v=2&submode= abstract&study=http%3A%2F%2F129.177.90.83%3A80%2Fobj%2FfStudy%2FESS9e03.0&mode=documentation&top=yes. Acesso em: 10 dez. 2020.

FERNANDES, A. T. Formas de vida religiosa nas sociedades contemporâneas. Oeiras, PI: Celta Editora, 2001.

MARTÍN VELASCO, J. El malestar religioso de nuestra cultura. Madrid, Espanha: San Pablo, 1998.

Publicado

30/06/2021

Como Citar

MARTINS, R. C. Religiosidade no século XXI: misticismo, ateísmo ou indiferença. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 10, n. 00, p. e021008, 2021. DOI: 10.29373/sas.v10i00.15330. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/15330. Acesso em: 19 set. 2021.