Augusto Comte revisitado: Positivismo, sociologia e intervenção social

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v10i00.15744

Palavras-chave:

Ciência, Positivismo, Sociologia, Capitalismo, Conflito social

Resumo

Nas ciências sociais uma obra clássica é uma referência para as gerações futuras de especialistas que usufruem de suas contribuições teóricas, conceituais, analíticas e metodológicas no desenvolvimento de novas pesquisas e permanente aperfeiçoamento do conhecimento. Entre os clássicos da sociologia, em particular os teóricos da fase de surgimento desta ciência social, o pensamento sociológico de Augusto Comte é considerado de menor relevância comparado a Karl Marx, Emile Durkheim e Max Weber. Todavia, ao analisar a trajetória intelectual de Augusto Comte este artigo sustenta que suas teorias e análises foram fundamentais para a constituição e o desenvolvimento ulterior da sociologia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Cancian, Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), São Carlos – SP

Doutorado em Ciências Sociais.

Referências

ARON, R. As etapas do pensamento sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

COMTE, A. In: Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

FORTE, M. A. Comte: La utopia del orden. Revista Conflito Social, Buenos Aires, v. 1 n. 00, p. 7-23, nov. 2008.

HOBSBAWM, E. A Era do Capital. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

IGLÉSIAS, F. A revolução industrial. São Paulo: Brasiliense, 1986.

MOORE, B. As origens sociais da ditadura e da democracia: senhores e camponeses na construção do mundo moderno. Lisboa: Edições Cosmos, 1967.

TACUSSEL, P. Augusto Comte: a obra vivida. Revista Logos, Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p. 16-21, nov. 1999.

TARDEL, M. I. Recordando a Comte. Revista de Sociologia, Santiago de Chile, n. 5, p. 9- 18, jan. 1990.

TORRES, M. A. El orden social in el pensamiento de Comte. Em Tese, Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 259-279, jul./dez. 2020.

VEGA, M. L. La filosofia politica de Comte y su proyeto social. Ideas y Valores, Bogota, v. 40, n. 85, p. 71-90, ago. 1991.

Publicado

29/12/2021

Como Citar

CANCIAN, R. Augusto Comte revisitado: Positivismo, sociologia e intervenção social. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 10, n. 00, p. e021015, 2021. DOI: 10.29373/sas.v10i00.15744. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/15744. Acesso em: 25 jun. 2022.