O departamento do patrimônio histórico de São Paulo na administração de Luiza Erundina: questões conceituais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v10i00.15872

Palavras-chave:

Patrimônio, Políticas públicas culturais, Memória, Cidadania

Resumo

O Departamento do Patrimônio Histórico (DPH), órgão do município de São Paulo ligado à Secretaria Municipal de Cultura (SMC), desenvolveu sua atividade de preservação patrimonial parcialmente ligada ao conceito de patrimônio ambiental urbano. Durante a administração municipal de Luiza Erundina, a SMC, confiada à Marilena Chauí, passou a trabalhar com o conceito de cidadania cultural. O DPH, naqueles anos sob a direção de Déa Ribeiro Fenelon, passou a conciliar o conceito de patrimônio ambiental urbano com aquele de cidadania cultural, o que proporcionou um campo fértil de trabalho e de desenvolvimento conceitual do patrimônio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Ricardo Retroz, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo – SP

Graduado em História (USP), Mestrado em História (FGV) e Doutorado em Museologia (UNIRIO/MAST).

Referências

ANDRADE, P. R. O patrimônio da cidade: arquitetura e ambiente urbano nos inventários de São Paulo da década de 1970. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

CHAUÍ, M. Cidadania cultural: o direito à cultura, Fundação Perseu Abramo, São Paulo, 2006.

CHAUÍ, M. Os trabalhos da memória (apresentação). In: BOSI, E. Memória e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994 (1979).

FENELON, D. R. Políticas Culturais e Patrimônio Histórico. In: SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento do Patrimônio Histórico. O direito à memória: patrimônio histórico e cidadania. São Paulo: DPH/SMC, 1992.

LEMOS, C. A. C. O que é patrimônio histórico. Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Brasiliense, 2000.

MAGALDI, C. O público e o privado: propriedade e interesse cultural. In: SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento do Patrimônio Histórico. O direito à memória: patrimônio histórico e cidadania. São Paulo: DPH/SMC, 1992.

PAOLI, M. C. Memória, História e Cidadania: o direito ao passado. In: SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento do Patrimônio Histórico. O direito à memória: patrimônio histórico e cidadania. São Paulo: DPH/SMC, 1992.

PRATA, J. M. Patrimônio Cultural e Cidade: práticas de preservação em São Paulo. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Cultura. Departamento do Patrimônio Histórico. Programa de Ação Cultural do Departamento do Patrimônio Histórico para a Gestão 1989-1992: objetivos e projetos prioritários. São Paulo: DPH, 15 fev. 1989. Acervo: Museu da Cidade de São Paulo.

SÃO PAULO (SP). Secretaria Municipal de Cultura. DPH: Memória, Preservação e Tombamento: contribuições para uma política urbana. São Paulo, ca. 1991. Acervo: CEDEM/UNESP, Fundo CEDESP.

TOURINHO, A. O.; RODRIGUES, M. Patrimônio ambiental urbano: uma retomada. Revista CPC, São Paulo, n. 22, p. 70-91, jul./dez. 2016.

VARINE, H. As raízes do futuro: o patrimônio a serviço do desenvolvimento local. Trad. Maria de Lourdes Parreiras Horta. Porto Alegre: Medianiz, 2013.

Publicado

29/12/2021

Como Citar

RETROZ, S. R. O departamento do patrimônio histórico de São Paulo na administração de Luiza Erundina: questões conceituais. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 10, n. 00, p. e021021, 2021. DOI: 10.29373/sas.v10i00.15872. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/15872. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Dossiê CEDEM em Pesquisas