O ciberespaço e o indivíduo: uma síntese possível?

Autores

  • Murilo Canella

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v1i1.6972

Palavras-chave:

Modernidade líquida, Indivíduos, Ciberespaço, Identidade, Local, Global,

Resumo

Este trabalho intenta traçar um panorama da sociedade “líquido-moderna” no que tange às relações de extrema cambialidade e neologismo existentes entre as formas de associação instauradas a partir da “modernidade sólida”. Tenta demonstrar a correlação entre a fragmentação da tradição e a emergência de novos valores que, em seu embate direto, legaram à humanidade uma era de novas signifi cações e seus permanentes processos. Deriva-se daí a dualidade entre “global” e “local”, subordinada a processos econômicos, políticos, sociais e culturais que, num exame mais detalhado, mostram a confl uência dessa latente crise no que diz respeito à identidade individual, norteada cada vez mais por processos globais, no ínterim de um também global e virtual espaço, o ciberespaço. Seguese, para tanto, a problemática acerca da perda da humanidade dos indivíduos pela lógica impessoal do consumismo e sua infl uência no pensamento individual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

CANELLA, M. O ciberespaço e o indivíduo: uma síntese possível?. Revista Sem Aspas , Araraquara, v. 1, n. 1, p. 47–57, 2012. DOI: 10.29373/sas.v1i1.6972. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/6972. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos