"Pátria ou morte": a revolução cubana e a crise dos anos 1990

Autores

  • Julian Araujo Brito

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v1i1.6975

Palavras-chave:

Cuba, Revolução, Socialismo, Nacionalismo, Regime Político,

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar as condições da sobrevivência do regime político cubano a partir do fi m da guerra fria, durante o chamado “Período Especial”. O desmoronamento do campo socialista entre 1989 e1991 certamente representou uma infl exão nos rumos da Revolução Cubana e precipitou uma crise econômica de grandes proporções, colocando em risco a própria continuidade do regime revolucionário. No entanto, este pôde sobreviver, sob as mais difíceis condições internas e externas - apesar dos frequentes prognósticos contrários – ao seu momento mais delicado desde sua origem em 1959. Ainda que um plano de reformas econômicas, e em menor medida políticas, fosse considerado, os fatores que explicaram esta sobrevivência estariam ligados ao apelo nacionalista do regime cubano, como fonte de legitimação política frente à crise do socialismo, juntamente com a defesa das conquistas sociais alcançadas ao longo de 30 anos do regime revolucionário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BRITO, J. A. "Pátria ou morte": a revolução cubana e a crise dos anos 1990. Revista Sem Aspas , Araraquara, v. 1, n. 1, p. 87–101, 2012. DOI: 10.29373/sas.v1i1.6975. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/6975. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos