"O mundo é diferente da ponte pra cá": representações sociais sobre os morros de Florianópolis

Autores

  • João Rodrigo Vedovato Martins Mestrando em Antropologia Social. UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-graduação em Antropologia Social. Florianópolis - SC - Brasil. 88040-900
  • Rafael Rodrigo Ferreira Graduando em Letras. USP - Universidade de São Paulo. São Paulo - SP - Brasil. 05508-040

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v3i1.7636

Palavras-chave:

Antropologia urbana, Favelas/Morros, Representações sociais, Universidade Federal de Santa Catarina,

Resumo

No presente ensaio pretende-se desenvolver uma análise das representações sociais que a comunidade acadêmica, mais especificamente o corpo discente da Universidade Federal de Santa Catarina/Florianópolis (UFSC), tem sobre os morros que se localizam ao redor do campus universitário, os quais são: Morro do Pantanal, Morro da Carvoeira e Serrinha, e da população que neles vivem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

07/10/2015

Como Citar

MARTINS, J. R. V.; FERREIRA, R. R. "O mundo é diferente da ponte pra cá": representações sociais sobre os morros de Florianópolis. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 3, n. 1, p. 48–59, 2015. DOI: 10.29373/sas.v3i1.7636. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/7636. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos