Cidadania, políticas de identidade e renovação política: um debate à luz da teoria da justiça de John Rawls

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v8i2.13106

Palavras-chave:

Cidadania, Movimento LGBT, Movimentos de renovação política, Teoria da justiça.

Resumo

Este presente artigo objetiva analisar a concepção de justiça nos termos do liberalismo igualitário concebido pelo filósofo inglês John Rawls (1921-2002) com a cidadania brasileira, identificando nesta uma estrutura procedimental não regular, que não obedece a ordem lexical de conquistas de direitos universais inspirados nos ideais liberais, principalmente por se tratar de um país que muito tardiamente abriu mão de uma economia escravocrata. Partindo deste fato, apresentamos duas situações de atuação política que atribuímos como parte do contexto dos problemas sociais no país e o exercício da cidadania: destacamos o movimento LGBT, uma população que demanda por reconhecimento e direitos sociais. Em seguida, chamamos a atenção para a tendência da renovação política, a partir da formação das organizações suprapartidárias nos últimos anos, com a intenção de oxigenar a atividade política, em um momento político no qual as instituições públicas perdem progressivamente a credibilidade e a confiança da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Darby Nayrra da Silva Barbosa, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP

Mestranda em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UNESP/FCLAr

Referências

BARBOSA, Luana Darby Nayrra da Silva; ARAUJO, Valdinei Castro. O Papel do Estado e Sociedade Civil na Construção de Políticas Públicas: Uma Análise sobre a III Conferência de Direitos Humanos LGBT no Amapá. Anais... In: XVI Semana de Pós-Graduação em Ciências Sociais UNESP Araraquara, 2017, Araraquara. UNESP, 2017. v. 16. p. 1478-1495.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. O longo Caminho. 3 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

IRINEU, Bruna Andrade. A política de previdência social e os direitos LGBT no Brasil. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás. Faculdade de Ciências Sociais. Programa de Pós-Graduação em Sociologia. 2019, 111 p.

VINHA, Luís da. Previsivelmente incoerente: Uma análise preliminar da política externa de Donald Trump. In: Relações Internacionais (R: I), n. 55, p. 9-33, set/2017.

RAWLS, John. Uma Teoria da Justiça. 1 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000. 709 p.

TOCQUEVILLE, Alexis. Democracia na América: Livro 1 – Leis e Costumes. São Paulo: Martins Fontes, 2005, 566 p.

ZOVATTO, Daniel. Financiamento dos partidos e campanhas eleitorais na América Latina: uma análise comparada. In: Opinião Pública, v. 11, n. 2, p. 287-336, 2005.

Publicado

30/12/2019

Como Citar

DA SILVA BARBOSA, L. D. N. Cidadania, políticas de identidade e renovação política: um debate à luz da teoria da justiça de John Rawls. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 8, n. 2, p. 152–166, 2019. DOI: 10.29373/sas.v8i2.13106. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/13106. Acesso em: 28 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos