Instituições informais e poder local: o funcionamento da Câmara Municipal de Américo Brasiliense a partir dos projetos de lei (2010-2018)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v9i1.13923

Palavras-chave:

Instituições informais, Estudos legislativos, Américo Brasiliense, Emendas parlamentares individuais.

Resumo

Este trabalho objetiva analisar as variáveis político-institucionais que orientam o comportamento dos vereadores na Câmara Municipal de Américo Brasiliense – SP e a relação entre Legislativo e Executivo no âmbito local. O modelo teórico utilizado enfatiza o papel das regras e instituições informais dos processos decisórios que regulam a prática política, isto é, aquelas que orientam e constrangem o comportamento dos agentes, embora não se encontrem formalmente instituídas. Os projetos considerados foram as emendas parlamentares individuais dos vereadores, que figuram como uma instituição informal a partir da qual o vereador procura atender a uma demanda específica do eleitorado e, em troca, aproxima-se da agenda proposta pelo Executivo. Os resultados apontam na direção de uma relação de complementaridade entre instituições formais e informais – isto é, relações que aumentem a eficiência das atividades legislativas –, tendo em vista o crescente protagonismo das emendas parlamentares como principais ferramentas de ação dos vereadores. 

Biografia do Autor

Renan Nakamura Lopes da Silva, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo – SP

Graduando em Letras (USP). Graduado em Ciências Sociais (Lic/Bac) - UNESP

Referências

AMÉRICO BRASILIENSE. Câmara Municipal. Lei Orgânica Municipal de Américo Brasiliense. 2017. Disponível em: http://www.camaraamericobrasiliense.sp.gov.br/leis/lei-organica-municipal. Acesso em: 19 fev. 2018.

AMÉRICO BRASILIENSE. Câmara Municipal. Regimento Interno. 2015. Disponível em: http://www.camaraamericobrasiliense.sp.gov.br/leis/regimento-interno/formato-pdf/view. Acesso em: 19 fev. 2018.

CAETANO, B. Executivo e Legislativo na esfera local. Agendas e construção de maiorias na Câmara Municipal de São Paulo. Revista Novos Estudos, v. 1, n. 71, p. 100-125, mar. 2005. Disponível em: http://novosestudos.uol.com.br/produto/edicao-71/. Acesso em: 19 maio 2019.

FIGUEIREDO, A. LIMONGI, F. Executivo e Legislativo na nova ordem constitucional. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2001.

HELMKE, G.; LEVITSKY, S. Informal Institutions and Comparatives Politics: a Research Agenda. Perspectives on Politics, Nova York, v. 2, n. 4, pp.725-740, 2004. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/bbc2/7446e63d48bf7ac1bd4713562cd82414c42b.pdf. Acesso em: 17 maio 2019.

HELMKE, G.; LEVITSKY, S. Informal institutions and democracy: lessons from latin america. Baltimore: The Johns Hopkins University Press, 2006. Disponível em: https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=WT2OiQQg508C&oi=fnd&pg=PR7&dq=Informal+Institutions+and+Democracy:+Lessons+from+Latin+America.+Baltimore:+The+Johns+Hopkins+University+Press,+2006.&ots=qm7_DvBfnP&sig=Yt3Hk0wwdafIkJbTZLyV2Mmgg70#v=onepage&q&f=false. Acesso em: 17 maio 2019.

KERBAUY, M. T. M. “Padrões regionais de votação nas eleições municipais brasileiras”. In: KERBAUY, M. T. M. ROCHA, M. M. (org.). Eleições, partidos e representação política nos municípios brasileiros. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2014. p. 79-107.

KERBAUY, M. T. M. A morte dos coronéis. Curitiba: Appris Editora, 2016.

KERBAUY, M. T. M. Câmaras Municipais, Partidos e Negociações Políticas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA BRAZILIAN STUDIES ASSOCIATION – BRASA, 9., 2008, Nova Orleans. Proceedings [...]. Nova Orleans, Louisiana: Tulane University em Nova Orleans, mar. 2008. Disponível em: http://www.brasa.org/wordpress/Documents/BRASA_IX/Maria-Kerbauy.pdf. Acesso em: 17 maio 2019.

KERBAUY, M. T. M. MARTINS, T. C. Instituições Informais, Trocas Políticas e Emendas Parlamentares no Contexto Municipal. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIÊNCIA POLÍTICA – ABCP, 11., 2018, Curitiba. Anais [...] Curitiba, 2018. Disponível em - https://cienciapolitica.org.br/__arquivos/encontro-abcp-2018/arquivos/BYGN.pdf. Acesso em: 25 abr. 2019

LEVITSKY, S. ZIBLATT, D. Como as democracias morrem. São Paulo: Editora Zahar SP, 2018.

LIMONGI, F. O novo institucionalismo e os estudos legislativos: a literatura norte-americana recente. Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências, Rio de Janeiro, n. 37, p. 3-38, 1994.

MARTINS, T. C. Organização e funcionamento da política representativa local: o caso do município de São Carlos. Agenda Política, São Carlos, v. 3, n. 2, p. 184-209, jul./dez. 2015.

ROCHA, R. Instituciones Informales y Calidad de la Política: Entre la Cultura y la Subjetividad Política. In: SÁNCHEZ, C. (coord.). Psicología Alternativa en América Latina. AMAPS, 2006.

Publicado

30/09/2020

Como Citar

Lopes da Silva, R. N. (2020). Instituições informais e poder local: o funcionamento da Câmara Municipal de Américo Brasiliense a partir dos projetos de lei (2010-2018). Revista Sem Aspas, 9(1), 104–119. https://doi.org/10.29373/sas.v9i1.13923

Edição

Seção

Artigos