Resenha: a cruel pedagogia do vírus

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v9i1.14470

Palavras-chave:

Corona vírus, Convivência social, Educação e sociedade

Resumo

Enquanto as comunidades mundiais e suas lideranças trabalhavam para traçar alguns (des)caminhos para o enfrentamento e a convivência com as incertezas de um novo e desconhecido vírus, o livro A cruel pedagogia do vírus foi lançado por Boaventura de Sousa Santos para problematizar a realidade vivenciada e fazer um convite para analisar as consequências que o vírus imprimiu no mundo todo, atingindo diversos setores, com influências ainda desconhecidas nas questões sociais, culturais e políticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Shirlei de Souza Corrêa, Centro Universitário Uniavan – (UNIAVAN), Campus I, Balneário Camboriú – SC

Doutora em Educação  e Docente Curso de Pedagogia.

Eliany Cristina de Paula Lima, Centro Universitário Uniavan – (UNIAVAN), Campus I, Balneário Camboriú – SC

Pedagoga.

Referências

SANTOS, Boaventura de Sousa. A cruel pedagogia do vírus. São Paulo: Boitempo, 2020.

Publicado

30/09/2020

Como Citar

CORRÊA, S. de S.; LIMA, E. C. de P. Resenha: a cruel pedagogia do vírus. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 9, n. 1, p. 179–183, 2020. DOI: 10.29373/sas.v9i1.14470. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/14470. Acesso em: 8 maio. 2021.

Edição

Seção

Resenha