Diagnóstico psicopatológico

Interferências na felicidade do indivíduo e de suas relações sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v11i00.15710

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Doença mental, Psicopatologia

Resumo

Este manuscrito versa sobre indivíduos diagnosticados com uma doença mental. Questiona-se: Quais seriam os efeitos de um diagnóstico psicopatológico na felicidade do indivíduo e de suas relações sociais? Frente às problematizações quanto à temática da felicidade face à possíveis repercussões do diagnóstico psicopatológico, identificou-se artigos científicos sobre diagnóstico psicopatológico, verificando-se possíveis correlações quanto à felicidade dos indivíduos e de suas relações sociais. Para tanto, foi utilizada a plataforma CAPES, o Portal de Periódicos Eletrônicos de Psicologia (PePSIC) e o Scientific Electronic Library Online (SciELO), com os descritores “felicidade” AND “doença mental” e/ou “felicidade” AND “saúde mental” AND “diagnóstico” em artigos científicos publicados no período de 2000 a 2020. Averiguou-se aspectos em torno das perdas relacionais e prejuízo na qualidade de vida, compreendendo-se que a percepção de infelicidade ante o diagnóstico ocorre. Um resultado diagnóstico mal orientado pode interferir negativamente na felicidade dos indivíduos que o recebem e seu entorno.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Moretti Gaspardo, Universidade São Francisco (USF), Bragança Paulista – SP – Brasil

Graduanda em Psicologia.

Priscilla Perla Tartarotti Von Zuben Campos, Universidade São Francisco (USF), Bragança Paulista – SP – Brasil

Professora, pesquisadora e membro integrante de programa institucional. Mestrado em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (UNICAMP).

Referências

ALMEIDA, A. C. M. C. H.; FELIPES, L.; DAL POZZO, V. C. O impacto causado pela doença mental na família. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental, Porto, n. 6, p. 40-47, dez. 2011. Disponível em http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1647-21602011000200007&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 12 dez. 2020.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Tradução: Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2011.

BAUMAN, Z. A Arte da Vida. Rio de Janeiro: Zahar Editor, 2009.

BAUMAN, Z. Zygmunt Bauman: "Resulta muy difícil encontrar una persona feliz entre los ricos". La Vanguardia, Barcelona, 2014. Disponível em https://www.lavanguardia.com/vida/20140517/54408010366/zygmunt-bauman-dificil-encontrar-feliz-ricos.html. Acesso em: 15 nov. 2020.

DUNKER, C. Mal-estar, sofrimento e sintoma: Releitura da diagnóstica lacaniana a partir do perspectivismo animista. Tempo Social, v. 23, n. 1, p. 115-136, 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-20702011000100006&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 12 jan. 2021.

FERRAZ, R. B.; TAVARES, H.; ZILBERMAN, M. L. Felicidade: uma revisão. Rev. Psiquiatr. Clín., São Paulo, v. 34, n. 5, p. 234-242, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rpc/a/C9mmJsMKqzypbHLqv8vn4Gw/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 16 fev. 2021.

FOUCAULT, M. A História da Loucura na Idade Clássica. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 1997.

OLIVEIRA, L. P. ZYGMUNT BAUMAN: A sociedade contemporânea e a sociologia na modernidade líquida. Sem Aspas, Araraquara, v. 1, n. 1 p. 25-36, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/6970/4996. Acesso em: 15 set. 2021.

SEVERO, A. K. S.; DIMENSTEIN, M. O diagnóstico psiquiátrico e a produção de vida em serviços de saúde mental. Estudos de Psicologia, Natal, v. 14, n. 1, p. 59-67, jan./abr. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/epsic/a/qj6xKJqzx7cvSjzwZBXHD7J/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 24 out. 2020.

TWENGE, J. M.; MARTIN, G. N.; CAMPBELL, W. K. Decreases in psychological well-being among American adolescents after 2012 and links to screen time during the rise of smartphone technology. Emotion, v. 18, n. 6, p. 765–780, 2018. Disponível em: https://doi.apa.org/doiLanding?doi=10.1037%2Femo0000403. Acesso em: 23 dez. 2020.

Publicado

30/06/2022

Como Citar

GASPARDO, R. M. .; CAMPOS, P. P. T. . V. Z. Diagnóstico psicopatológico: Interferências na felicidade do indivíduo e de suas relações sociais. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 11, n. 00, p. e022007, 2022. DOI: 10.29373/sas.v11i00.15710. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/15710. Acesso em: 11 ago. 2022.