Consumo e distinção social no espaço digital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v11iesp.1.17040

Palavras-chave:

Antropologia, Consumo, Redes sociais, Classes sociais, Distinção

Resumo

Partindo do pressuposto de que o consumo - como um dos principais modos pelos quais o habitus pode ser expressado - carrega uma dimensão distintiva, na medida em que indica fronteiras simbólicas e elos de pertença entre os grupos sociais, este artigo busca contribuir para a reflexão sobre algumas dinâmica de distinção na configuração social brasileira contemporânea. Para tanto, toma como universo empírico dois espaços recortados nas redes sociais: um grupo de Facebook relacionado à compra e venda de produtos na 25 de março, famosa rua de comércio popular na cidade de São Paulo, e o perfil no Instagram de uma digital influencer da área de moda e estilo, Maju Trindade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Lúcia de Castro, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Professora do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais.

Marina Kuranaga Silva, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Graduada em Ciências Sociais.

Referências

ALANIZ, A. G. G. Cosplay de pobre. Blog Compartilhando Histórias. [S.l.], 02 jun. 2018. Disponível em: https://compartilhandohistorias.wordpress.com/2018/06/02/cosplay-de-pobre/. Acesso em: 22 jul. 2022.

APPADURAI, A. A vida social das coisas. Rio de Janeiro, Ed. UFF, 2008.

BERTONCELO, E. R.; MIRA, M. C. Apresentação. Para além da distinção? Desafios à abordagem bourdieusiana da formação social do gosto. Revista Estudos de Sociologia, Araraquara, v. 24, n. 46, p. 19-43. jan./jun. 2019. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/12802/8382. Acesso em: 22 jul. 2022.

BOURDIEU, P. A distinção: Crítica social do julgamento. São Paulo: EDUSP; Porto Alegre: Zouk, 2007.

CANCLINI, N. G. Diferentes, desiguais e desconectados: Mapas da interculturalidade. Rio de Janeiro, Ed. UFRJ, 2009.

CASTRO, A. L. Condicionantes sociais e trajetórias singulares: Habitus como chave analítica em processos de constituição de elos de pertença e fronteiras simbólicas. Revista Estudos de Sociologia, Araraquara, v. 24, n. 46, p. 45-63, jan./jun. 2019. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/estudos/article/view/12249/8384. Acesso em: 22 jul. 2022.

DOUGLAS, M.; ISHERWOOD, B. O mundo dos bens: Para uma antropologia do consumo. Rio de Janeiro: UFRJ, 2006.

GOMES, L. G.; LEITÃO, D. K. Etnografias em ambientes digitais: perambulações, acompanhamentos e imersões. Revista Antropolítica, Niterói, n. 42, p. 41-65, 2017. Disponível em: https://periodicos.uff.br/antropolitica/article/view/41884/pdf. Acesso em: 22 jul. 2022.

JORDÃO, J. V. P.; MENDONÇA, M. L. M. Pode a aparência falar? Classes sociais e a periferia da estática. Cadernos de Estudos Culturais, Campo Grande, v. 8, n. 16, p. 147- 164, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/cadec/article/view/4238. Acesso em: 22 jul. 2022.

KARHAWI, I. Influenciadores digitais: o Eu como mercadoria. In: Tendências em comunicação digital. São Paulo: ECA-USP, 2016. p. 38-58. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/315114355_Influenciadores_digitais_o_Eu_como_mercadoria. Acesso em: 22 jul. 2022.

NUNES, D. Cosplay de pobre: Crítica a crítica crítica. 2018. Disponível em: https://medium.com/@paramimmesma/cosplay-de-pobre-c73b8bff5133. Acesso em: 22 jul. 2022.

RECUERO, R. Redes sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009. Disponível em: http://wiki.stoa.usp.br/images/c/c6/Recuero-cap1.pdf. Acesso em: 22 jul. 2022.

SUKI DESU. Você sabe o que é cosplay? 2016. Disponível em: https://skdesu.com/voce-sabe-o-que-e-cosplay/. Acesso em: 22 jul. 2022.

Publicado

26/12/2022

Como Citar

CASTRO, A. L. de; SILVA, M. K. Consumo e distinção social no espaço digital. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 11, n. esp.1, p. e022019, 2022. DOI: 10.29373/sas.v11iesp.1.17040. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/17040. Acesso em: 6 fev. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)