A incoerência na formação do estado iugoslavo: um “diálogo” com a obra Nações e Nacionalismo de Eric J. Hobsbawm

Samuel Decresci

Resumo


O presente artigo tem por objetivo refletir sobre os critérios e parâmetros que norteavam as instituições e intelectualidades políticas internacionais na confecção ou idealização dos postulantes a Estados nacionais ao longo do final do século XIX e início do XX. Ademais, analisar, em particular, as especificidades da ideia e formação do Estado iugoslavo, cujo nome de nascimento foi Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos.

Palavras-chave


Teoria Política; Nacionalismo; Pensamento Político; Conflitos Étnicos;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29373/sas.v2i1.6931



 

 

Rev. Sem Aspas, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN  2358-4238

DOI Prefix: 10.29373/semaspas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.