A alienação e o humanismo retratados na figura dos personagens Paulo Honório e Madalena na obra São Bernardo, de Graciliano Ramos

Autores

  • Tatiane Peres Zawaski Graduanda em Letras. UNILASALLE - Centro Universitário La Salle. Canoas - RS - Brasil. 92010-000. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela CESUCA-RS.

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v3i1.7645

Palavras-chave:

Sociedade, Alienação, Humanismo,

Resumo

São Bernardo é considerado um romance histórico demarcado pelas transformações sociais ocorridas no ano de 1934. A sociedade, na época, sofria com inquietações e perdas. O presente artigo objetiva analisar a trajetória do protagonista da referida obra, Paulo Honório. O personagem tem uma vida marcada pela ganância e pela busca do poder, sendo que sua figura se contrapõe a da esposa Madalena, já que esta é uma idealista que luta pelo bem comum.

Biografia do Autor

Tatiane Peres Zawaski, Graduanda em Letras. UNILASALLE - Centro Universitário La Salle. Canoas - RS - Brasil. 92010-000. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela CESUCA-RS.

Graduada em Pedagogia, Especialista em Psicopedagogia e Graduanda em Letras.

Downloads

Publicado

07/10/2015

Como Citar

Zawaski, T. P. (2015). A alienação e o humanismo retratados na figura dos personagens Paulo Honório e Madalena na obra São Bernardo, de Graciliano Ramos. Revista Sem Aspas, 3(1), 60–67. https://doi.org/10.29373/sas.v3i1.7645

Edição

Seção

Artigos