Coligações eleitorais em Matão - efeitos da alteração do número de cadeiras sobre o comportamento partidário

Autores

  • Maria Teresa Miceli Kerbauy Faculdade de Ciências e Letras – Unesp Araraquara.
  • Victor Picchi Gandin Faculdade de Ciências e Letras - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Araraquara https://orcid.org/0000-0002-5045-1972

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v5i0.8865

Palavras-chave:

Eleições, Eleições municipais, Partidos políticos, Coligações, Quociente eleitoral,

Resumo

Esse artigo tem como objetivo analisar a formação de coligações entre partidos políticos. Procuramos verificar se o número de cadeiras (vagas) em disputa afeta o comportamento dos partidos, no que diz respeito às coligações formadas. Para tanto, utilizamos como recorte específico um estudo de caso do município de Matão/SP. O número de vagas em disputa variou diversas vezes, e os partidos políticos adotaram diferentes estratégias para atingir o quociente eleitoral e ganhar representatividade. Mostraremos se os partidos podem adaptar-se à realidade institucional de forma a usá-la a seu favor, como no caso do PSL, que alcançou em 2012 mais cadeiras de vereadores que partidos grandes e históricos neste município. O quadro que se desenha para as eleições legislativas em 2016 traz à tona uma nova redução da quantidade de cadeiras em disputa. Com isso, tende-se a aumentar a competitividade eleitoral, o que deve influenciar novamente no comportamento dos partidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Teresa Miceli Kerbauy, Faculdade de Ciências e Letras – Unesp Araraquara.

Drª. em Ciências Sociais pela PUC/SP. Bolsista Produtividade do CNPq. Pesquisadora e orientadora.

Victor Picchi Gandin, Faculdade de Ciências e Letras - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Araraquara

Graduando em Ciências Sociais na Faculdade de Ciências e Letras – Unesp Araraquara. Bolsista de Iniciação Científica, desenvolvendo desde o segundo semestre de 2013 a pesquisa “Coligações Eleitorais em Matão – Uma análise das eleições 2000 a 2012”, com o apoio do CNPq – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

Downloads

Publicado

01/06/2016

Como Citar

KERBAUY, M. T. M.; GANDIN, V. P. Coligações eleitorais em Matão - efeitos da alteração do número de cadeiras sobre o comportamento partidário. Revista Sem Aspas , Araraquara, v. 5, p. 78–97, 2016. DOI: 10.29373/sas.v5i0.8865. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/8865. Acesso em: 9 dez. 2023.

Edição

Seção

Artigos