Estudo de caso: a clínica psicopedagógica em busca de um bom desempenho escolar

Rosimeire Zeppone

Resumo


Esse trabalho apresenta resultados de um estudo de caso desenvolvido com uma criança com dificuldades de aprendizagem. A queixa principal foi a de que a criança tinha dificuldade de acompanhar texto, de escrever ditado, produzir texto independente, realizava trocas na escrita (f/v), não conseguia fazer ditado, confundia m e n, era lento na aprendizagem e desligado. Tinha um diagnóstico de TDAH e dislexia. A criança frequentou uma sala de Educação Especial e foi encaminhada para uma sala comum. A avaliação psicopedagógica da criança situou os recursos e as dificuldades de aprendizagem da criança por meio da avaliação de aspectos cognitivos, afetivos, psicolinguísticos e comportamentais. Pretendeu-se obter uma compreensão global da forma do aprender da criança, bem como, dos desvios que estavam ocorrendo no processo de aprendizagem e de adaptação escolar. A avaliação por meio das técnicas de avaliação psicopedagógica, proporcionou uma estratégia diagnóstica de intervenção com o objetivo de prevenir ou de re-significar o aprender, possibilitando traçar diretrizes para uma intervenção envolvendo sujeito, família e escola. Assim pode-se afirmar que, de acordo com os aspectos analisados e apontados a criança se beneficiou com o trabalho psicopedagógico, utilizando os recursos disponíveis e resgatando seu potencial, agora despertado para o aprender com sucesso.

Palavras-chave


Aprendizagem; Dificuldades de aprendizagem; Dislexia; TDAH; Inclusão escolar; Educação especial;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26673/tes.v6i0.9517



Temas em Educ. e Saúde, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN 2526-3471, ISSN 1517-7947

Prefixo DOI: 10.26673/rtes

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.