Chamada de artigos: Pensamento Político e Social no Brasil, áreas em interseção

05/07/2021

Dossiê: Pensamento Político e Social no Brasil, áreas em interseção

Organizadores: 

Kaio Felipe (Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de
Janeiro) http://lattes.cnpq.br/3972039349050307


Mateus Lôbo (Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade de Brasília)
http://lattes.cnpq.br/1385245458115011

 

Apresentação:

 

O presente dossiê tem como propósito reunir artigos, sejam eles monográficos ou comparativos, sob a rubrica de “Pensamento Político e Social no Brasil”, que contemplem relevantes análises sobre a sociedade e a política nacionais.

O campo do Pensamento Político e Social no Brasil apresenta tradições de pensamento, concepções de mundo, diagnósticos e valores em disputa. Interessa-nos, pois, refletir sobre questões como: a condição dita “periférica” do Brasil em seus projetos e leituras; a contribuição de certas obras para o debate político ou sociocultural; e de que maneira o repertório das “Interpretações do Brasil” é acionado pelas instituições, práticas sociais e projetos políticos – por meio de marcadores como “gênero”, “sexualidade” “nação”, “raça”, “etnia”, “região” e “religião” – para forjar imagens do “povo brasileiro”.

Entendemos, contudo, que o Pensamento Político e Social não se volta apenas ao estudo das grandes explicações, tanto ensaísticas quanto acadêmicas, da formação da sociedade, do Estado e da cultura política em nosso país, mas engloba, igualmente, produções intelectuais e artísticas não tradicionais, além de diferentes formatos para pensar o “enigma” Brasil. Sendo assim, fontes como a literatura, as artes plásticas, a fotografia, materiais jornalísticos e a televisão são também pertinentes para explorar leituras feitas sobre a realidade nacional. Estimula-se, ainda, a apresentação de perspectivas comparativas com o Pensamento Político e Social na América Latina.


Envio de artigo: de 05/07/2021 até 05/10/2021

Previsão de publicação: Nº 32 da Revista, referente ao primeiro semestre de 2022.