A revolução dentro da ordem: Brasil e EUA

Leonardo Barbosa e Silva

Resumo


Este artigo analisa o caráter conservador das revoluções burguesas nos Estados Unidos e no Brasil, buscando se contrapor à percepção bastante difundida nos círculos acadêmicos de que o processo brasileiro sofre de uma inércia conservadora.

Palavras-chave


Revolução burguesa; conservadorismo; revolução passiva; modernização conservadora;

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Compartilhado Autor e Revista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

E-ISSN: 2359-2419 (números publicados a partir de junho 2016)

ISSN: 1415-0689 (encerrado em junho de 2016).

Email: cadernosdecampo.fclar@unesp.br 

A Cadernos de Campo: Revista de Ciências Sociais faz parte de um amplo grupo de periódicos internacionais que aderiram à Declaração de San Francisco sobre Avaliação da Pesquisa (DORA). Criado por um grupo de editores de periódicos acadêmicos, durante um evento cientifico, na cidade de São Francisco/EUA, em 2012, esse movimento exige novas formas de avaliação da produção cientifica por parte das agências de financiamento e instituições acadêmicas. Maiores informações sobre a DORA podem ser obtidas clicando no link: https://sfdora.org/