Entrevista com a profa. Dra. Diana Luz Pessoa de Barros: a estratégia enunciativa nos discursos de ódio que marcam ambientes políticos e sociais na contemporaneidade

Autores

  • Fernando Moreira Universidade de São Paulo (Usp), Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, São Paulo – SP – Brasil. Bolsista CNPq. Mestrando em Semiótica e Linguística Geral. http://orcid.org/0000-0001-8903-4415
  • Joyce Lopes Universidade de São Paulo (Usp), Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, São Paulo – SP – Brasil. Bolsista CAPES. Doutoranda em Semiótica e Linguística Geral. https://orcid.org/0000-0002-1348-6551

DOI:

https://doi.org/10.47284/2359-2419.2020.28.1726

Palavras-chave:

Extrema direita, Bolsonarismo, Mounk, Diana Luz Pessoa de Barros, Bannon,

Resumo

Expoente da Semiótica de orientação francesa no Brasil, Diana Luz Pessoa de Barros analisa, nesta entrevista a Fernando Moreira e a Joyce Lopes, estratégias enunciativas da nova extrema direita que passaram a marcar os discursos políticos e sociais ao redor do mundo em demonstrações explícitas odiosas à alteridade.

Referências

ALONSO ALDAMA, J. As transparências enganam. Estudos Semióticos, São Paulo, v.15, n.1, p. 152–161, 2019. Dossiê temático “Discursos políticos na contemporaneidade: desafios teóricos e analíticos”. Editores convidados: Oriana N. Fulaneti e Alexandre Marcelo Bueno. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ esse/article/view/160195. Acesso em: 5 nov. 2019.

BARROS, D. L. P. de. Estudos discursivos da intolerância: o ator da enunciação excessivo. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 58, p. 7-24, 2016. BARROS, D. L. P. de. A complexidade discursiva na internet. CASA: Cadernos de Semiótica Aplicada, Araraquara, v.13, n.2, p. 13-31, 2015a. Disponível em: https:// periodicos.fclar.unesp.br/casa/article/view/8028. Acesso em: 3 jul. 2020.

BARROS, D. L. P. de. Dominação, trapaça e conhecimento pela linguagem. Revista da ABRALIN, Curitiba, v.14, n.2, p. 53-71, 2015b. Disponível em: https://revistas. ufpr.br/abralin/article/view/42549. Acesso em: 3 jul. 2020.

BARTHES, R. Aula. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Cultrix, 1989 [1978]. CASTELLS, M. A Sociedade em rede: A era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 2000. v.1.

COMTE-SPONVILLE, A. Pequeno Tratado das Grandes Virtudes. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2000 [1995].

FUKUYAMA, F. O fim da História e o último homem. Rio de Janeiro: Rocco, 1992. GREIMAS, A. J. Semiótica e Ciências Sociais. Trad. Álvaro Lorencini e Sandra Nitrini. São Paul: Cultrix, 1976.

HOLANDA, S. B. de. Raízes do Brasil. 27. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2014 [1936].

INVESTIGAÇÃO de republicanos revela que Rússia ajudou Trump em 2016. Estado de Minas, Belo Horizonte, 08 out. 2019. Internacional. Disponível em: https://www. em.com.br/app/noticia/internacional/2019/10/08/interna_internacional,1091243/ investigacao-de-republicanos-revela-que-russia-ajudou-trump-em-2016.shtml. Acesso em: 02 nov. 2019.

LÉVY, P. A conexão planetária: o mercado, o ciberespaço, a consciência. São Paulo: Ed. 34, 2001. LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Ed.34, 1999. LÉVY, P. As tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

MELLO, P. C. Empresas contratam disparos pró-Bolsonaro no WhatsApp, diz espanhol. Folha de São Paulo, São Paulo, 18 jun. 2019. Poder. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/06/empresas-contrataram-disparos-probolsonaro-no-whatsapp-diz-espanhol.shtml. Acesso em: 02 nov. 2019.

MELLO, P. C. Capitalismo esclarecido e populismo de Bolsonaro aproximarão o Brasil dos EUA, diz Steve Bannon. Folha de São Paulo, São Paulo, 29 out. 2018. Poder. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/10/capitalismoesclarecido-e-populismo-de-bolsonaro-aproximarao-o-brasil-dos-eua-diz-stevebannon.shtml. Acesso em: 02 nov. 2019.

MOUNK, Y. O povo contra a democracia: por que nossa liberdade corre perigo e como salvá-la. Trad. Cássio de Arantes Leite e Débora Landsberg. São Paulo: Companhia das Letras, 2019. QUÉAU, P. O tempo do virtual em Imagem Máquina: a era das tecnologias do virtual. Org. André Parente. São Paulo: Ed.34, 1993.

ZILBERBERG, C. Elementos de Semiótica Tensiva. Trad. Ivã Carlos Lopes, Luiz Tatit e Waldir Beividas. São Paulo: Ateliê Editorial, 2011 [2006].

ZILBERBERG, C. As condições semióticas da mestiçagem. Trad. Luiz Tatit e Ivã Carlos Lopes. In: CAÑIZAL, E. P.; CAETANO, K. E. (org.). O olhar à deriva: mídia, significação e cultura. São Paulo: Annablume, 2004. p. 69-101.

Downloads

Publicado

17/09/2020