Elementos não-econômicos na construção do mercado do futebol: mito do herói e flexibilização na legislação

Maria Chaves Jardim, Thierry Gabriel Varela

Resumo


O artigo trata da construção social do mercado do futebol no Brasil, buscando identificar elementos não-econômicos que ajudam a fundamentar este mercado. Com inspiração na sociologia econômica, argumenta que variáveis culturais (mito do jogador como herói) e variáveis sociais (flexibilização na legislação), ajudam a explicar a alta movimentação econômica desse mercado, sobretudo após os anos 2000. Teve como metodologia, pesquisa de campo na Ferroviária de Araraquara e pesquisa na internet.

Palavras-chave


Mercado do futebol; Sociologia Econômica; Mito do herói; Transferências de atletas.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


ABRAMOVAY, R. Entre Deus e o diabo: mercados e interação humana nas ciências sociais. Tempo Social, revista de sociologia da USP, v. 16, n. 2., 2004.

ANTUNES, F. M. R. F. Com o brasileiro não há que possa – futebol e identidade nacional em Jose Lins do Rego, Mario Filho Nelson Rodrigues, 2004

BOURDIEU, P. A produção da crença: contribuição para uma economia dos bens simbólicos. São Paulo: Editora Zouk, 2002

CALLON, M. The embeddedness of economic markets in economics. In: CALLON, M. (Ed). The law of the market. Oxford; Blackwell, 1998. p.1-57.

DOUGLAS, M. Como Pensam as Instituições, Colecção Sociedade e Organizações, sob a orientação de A Olivera Cruz Syracuse University Press, 1986. Editora Instituto Piaget, 2004.

FRANCISCHINI, S. A difícil nacionalização do futebol brasileiro: a era Havelange. In TOLEDO; COSTA. (org.) – Visão de Jogo: antropologia das práticas esportivas p.169-197. Editora terceiro nome, 2009.

FLIGSTEIN, N. The architectureof markets: an economic sociology of 21st century capitalist societies. Princeton: Princeton University Press, 2001.

GAIAD, M. 2019. A sociologia das emoções em Eva Illouz: o fenômeno da literatura de autoajuda. Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais. Araraquara, 2019.

GRANOVETTER, M. Ação Econômica e Estrutura Social: o Problema da Imersão. RAE - eletrônica, v. 6, n. 1, janeiro-junho, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 de fev. de 2020

JARDIM. M. A construção social do mercado de trabalho no setor de construção civil nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC): consensos e conflitos. Sociedade e Estado. Brasília, n.1, v.30, 165-187, 2015.

MAUSS, M. Ensaio sobre a dádiva. Edições 70, 2008.

MERTON, R. Theory and Social Structure. New York: Free Press, 1968.

OURIQUES, N. O gol contra do rei: a Lei Pelé e suas consequências. Motriviência, Florianópolis, v.11, n.12, 1999

PIMENTA, C. A. M. Torcidas Organizadas de Futebol Violência e auto-afirmação. Aspectos das novas relações sociais. Vogal editora 1997

POLANYI, K. A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 1980.Wrobel. Rio de Janeiro: Campus, 1980.

RODRIGUES FILHO, M. O negro no futebol brasileiro. Editora Civilização brasileira S.A., 1964.

RODRIGUES, F. X. F. O fim do passe e a modernização conservadora no futebol brasileiro (2001-2006)/ Francisco Xavier Freire Rodrigues – Porto Alegre, Tese Doutorado, UFRGS. 2007.

RUBIO, K. In: Legados de Megaeventos Esportivos. Editores: Lamartine DaCosta, Dirce Corrêa, Elaine Rizzuti, Bernardo Villano Ana Miragaya. Brasília: Ministério do Esporte, 2008

RUGGI, L. Transformações legais nas transferências internacionais de jogadores de futebol. VI CONGRESSO PORTUGUÊS DE SOCIOLOGIA. 2008.

STEINER, P. Altruísmo, dons e trocas simbólicas: abordagem sociológica da troca. Cultura Acadêmica, Série Temas em Sociologia, 2016.

VARELA. T. Jogadores de futebol como trabalhadores do esporte: aproximando aposentadoria e direitos previdenciários a partir da Sociologia Econômica, Monografia, UNESP. 2019

ZANVIANI, L. N. Mediações na cultura de consumo: Uma etnografia do circuito futebolístico na cidade de Araraquara, Monografia, UNESP, 2017

ZELIZER, V. A negociação da intimidade. Petrópolis: Ed. Vozes, 2011.




DOI: https://doi.org/10.29373/sas.v8i2.13556



 

 

Rev. Sem Aspas, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN  2358-4238

DOI Prefix: 10.29373/semaspas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.