A concepção educacional de John Dewey: objetivos e metas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v10i00.15693

Palavras-chave:

Objetivo educacional, John Dewey, Teoria oposta à prática, Currículo escolar contra interesse do aluno, Conciliação de ideias

Resumo

Este artigo debruça-se sobre os caminhos extraviados nos quais algumas práticas pedagógicas incorreram. Orientações pedagógicas destoantes são uma das consequências advindas de más interpretações em matéria educacional. O presente trabalho aventa a hipótese de que encontram um bom objetivo educacional, contanto que se desvencilhem de falsos antagonismos, tais como: teoria oposta à prática, interesse do educando oposto à disciplina escolar. John Dewey foi um dos raros pensadores a atender a essa condição. Em virtude disso, o artigo objetiva, através da perspectiva de Dewey, demonstrar como é necessário conciliar ideias aparentemente irredutíveis para formular objetivos educacionais. A metodologia empregada consistiu em estudos bibliográficos concernentes a Dewey. Os resultados alcançados pelo trabalho foram concepções pedagógicas, das quais não desprezar os conhecimentos prévios da criança é exemplo. Finalmente, conclui o artigo que é preciso harmonizar o que erroneamente se opõem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ian Gottberg de Moura, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo – SP

Graduando em Filosofia. Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

Carlota Boto, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo – SP

Professora titular da Faculdade de Educação. Doutorado em História Social (USP). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D.

Referências

DEWEY, J. Como pensamos. Como se relaciona o processo reflexivo com o processo educativo: uma nova exposição. 3. ed. São Paulo: Editora Nacional, 1959.

DEWEY, J. Vida e educação. São Paulo: Melhoramentos, 1965.

DEWEY, J. Democracia e educação: capítulos essenciais. São Paulo: Ática, 2007.

HERBART, J. F. Pedagogia geral. Portugal, Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, Serviço de Educação e Bolsas, 2003.

HILGENHEGER, N. Perspectives: revue trimestrielle d’éducation comparée. Escritório Internacional de Educação, v. 24, n. 1-2, p. 307-320, 1994.

SOËTARD, M. Johann Pestalozzi. Coleção Educadores MEC. Recife: Fundação Joaquim Nabuco/ Editora Massangana, 2010. p. 41-89.

TEIXEIRA, A. A pedagogia de Dewey. In: DEWEY, J. Vida e educação. 7. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1971. p. 13-41.

WESTBROOK, R. B. Perspectives: revue trimestrielle d’éducation comparée. Escritório Internacional de Educação, v. 23, n. 1-2, p. 277-293, 1993.

Publicado

29/12/2021

Como Citar

MOURA, I. G. de; BOTO, C. A concepção educacional de John Dewey: objetivos e metas. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 10, n. 00, p. e021013, 2021. DOI: 10.29373/sas.v10i00.15693. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/15693. Acesso em: 25 jun. 2022.