Entre o mainstream e o underground

Origens, trajetórias e capitais nos dois polos do rock Brasileiro dos anos 1980

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29373/sas.v11iesp.1.17060

Palavras-chave:

Rock brasileiro, Trajetória, Capitais, Distinção, Indústria fonográfica

Resumo

Trata-se de um estudo comparativo entre dois polos do rock brasileiro dos anos 1980 – o mainstream e o underground –, empreendido por meio do estudo da trajetória individual e coletiva dos roqueiros brasileiros do período, em diálogo com conceitos de Pierre Bourdieu, buscando identificar os capitais detidos pelos expoentes do rock que receberam a preferência da indústria fonográfica do período, em comparação com um segundo grupo, que ficou à margem da indústria da música. A pesquisa aponta que os distintos capitais (social, cultural e econômico) detidos pelo primeiro grupo foram condicionantes importantes para o recrutamento destes pela indústria da música, catapultando-os para o sucesso comercial e a consagração artística, em detrimento do segundo grupo, que não dispunha dos mesmos trunfos materiais e simbólicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Barros Rosa, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Araraquara – SP – Brasil

Doutorando em Ciências Sociais.

Referências

ALEXANDRE, R. Dias de luta: O rock e o Brasil dos anos 80. São Paulo: Arquipélago Editorial. 2013.

BOURDIEU, P. La misère de monde. Paris: Seuil. 1993.

BOURDIEU, P. A distinção: Crítica social do julgamento. Porto Alegre: Zouk. 2006.

BOURDIEU, P. As regras da arte. São Paulo: Companhia das Letras. 2010.

DAPIEVE, A. Brock: O rock brasileiro dos anos 80. Rio de Janeiro: Editora 34, 2015.

JARDIM, M.; ROSA, T. O rock brasileiro dos anos 1980: qual o perfil social dos roqueiros incorporados pela indústria da música? Revista Sinais, Vitória, v. 1, n. 24, jan./jul. 2020.

MAGI, E. Rock and roll é o nosso trabalho: A Legião Urbana do underground ao mainstream. 2011. 147 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, SP, 2011.

PAIVA, M. Meninos em fúria: E o som que mudou a música para sempre. Rio de Janeiro: Alfaguara, 2016.

ROSA, T. A elite do Rock: Poder simbólico e distinção no mainstream do rock brasileiro dos anos 1980. 2021. 125 f. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, SP, 2021.

Publicado

26/12/2022

Como Citar

ROSA, T. B. Entre o mainstream e o underground: Origens, trajetórias e capitais nos dois polos do rock Brasileiro dos anos 1980. Revista Sem Aspas , [S. l.], v. 11, n. esp.1, p. e022020, 2022. DOI: 10.29373/sas.v11iesp.1.17060. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/semaspas/article/view/17060. Acesso em: 6 fev. 2023.