A cegueira à luz da consciência corporal

Memórias de (trans)formação de um médico professor

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26673/tes.v19i00.18359

Palavras-chave:

Pessoas com Deficiência Visual, Memória, Formação, Consciência corporal

Resumo

O objetivo deste trabalho é traçar uma visão crítica, autocrítica e confessional dessas experiências enriquecidas por emoções e paixões, apresentando a relevância de minha escolha profissional como médico e professor de medicina, projetando meu eu interior e futuro, além de abordar aspectos da infância, adolescência e vida adulta que contribuíram para o conhecimento de meu corpo, relação com esportes, vida escolar e amizades. Utilizo fontes autobiográficas, informações do currículo lattes, registros dos módulos concluídos na especialização, carta de intenções no processo seletivo, memórias pessoais e elementos projetivos de práticas e leituras. Referências a autores da fenomenologia da percepção discutidos ao longo do curso auxiliam na compreensão da sinestesia presente em mim e nas relações comigo mesmo, com os outros e com o mundo, buscando, a partir dessas reflexões, projetar-me para ações futuras, vivendo com plenitude, intensidade, qualidade de vida e sentido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erico Gurgel Amorim, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Saúde Coletiva pela UFRN, Professor da Escola Multicampi de Ciências Médicas do Rio Grande do Norte (EMCM) da UFRN.

Referências

ALVES, P. C. A fenomenologia e as abordagens sistêmicas nos estudos sócio-antropológicos da doença: breve revisão crítica. Cadernos de Saúde Pública, [S.I.], v. 22, p. 1547-1554, 2006. DOI: 10.1590/S0102-311X2006000800003. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/yZJWqGtsJZWmnsSzxyKTDcy . Disponível em: 10 ago. 2023.

BENJAMIN, W. Obras escolhidas: magia e técnica, arte e política. São Paulo: Brasiliense, 1993.

BRAGANÇA, I. F. S. Sobre o conceito de formação na abordagem (auto) biográfica. Educação, [S.I.], v. 34, n. 2, 2011. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8700. Acesso em: 05 ago. 2023.

BRASIL. Lei n.º 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União: Brasília, DF, 2015.

DANES-STAPLES, E.; LIEBERMAN, L. J.; RATCLIFF, J.; ROUNDS, K. Bullying experiences of individuals with visual impairment: The mitigating role of sport participation. Journal of Sport Behavior, [S.I.], v. 36, n. 4, 2013. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/233576199.pdf . Acesso em: 05 ago. 2023.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir. São Paulo: Cortez; Brasília: Unesco, 1996.

FREIRE, P.; GUIMARÃES, S. Aprendendo com a própria história. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

LARROSA, J. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista

Brasileira de Educação, [S.I.], n. 19, p. 20-28, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/Ycc5QDzZKcYVspCNspZVDxC/?format=pdf&lang=pt . Acesso em: 05 ago. 2023.

MELLO, A. G. Deficiência, Incapacidade e Vulnerabilidade: do capacitismo ou a preeminência capacitista e biomédica do Comitê de Ética em Pesquisa da UFSC. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 10, p. 3265-3276, 2016. DOI: 10.1590/1413-812320152110.07792016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/J959p5hgv5TYZgWbKvspRtF/abstract/?lang=pt . Acesso em: 05 ago. 2023.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

NÓBREGA, T. P. Corporeidade e educação física: do corpo-objeto ao corpo sujeito. 3. ed. Natal: EDUFRN Editora da UFRN, 2009.

ORRÚ, S. E. A diferença como valor humano: Ensaio sobre as contribuições do pensamento de Boaventura Sousa Santos, Gilles Deleuze e Homi Bhabha para o Paradigma da Inclusão. Educação e Filosofia, [S.I.], v. 34, n. 71, p. 735-773, 2020. DOI: 10.14393/REVEDFIL.v34n71a2020-50642. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/50642. Acesso em 10 set. 2023.

PINEAU, G. Experiências de Aprendizagem e Histórias de vida. In: CARRÉ, P.; CASPAR, P. Tratado das Ciências e das Técnicas da Formação. Lisboa: Instituto Piaget, 1999.

PRADO, G. V. T.; SOLIGO, R. Memorial de formação: quando as memórias narram a história da formação. Porque escrever é fazer história: revelações, subversões, superações. Campinas: Graf, 2005.

RICOEUR, P. A memória, a história e o esquecimento. Campinas: Editora da UNICAMP, 2007.

SCHILDER, P. A imagem do corpo: as energias construtivas da psique. São Paulo: M. Fontes, 1980.

Publicado

30/12/2023

Como Citar

AMORIM, E. G. A cegueira à luz da consciência corporal: Memórias de (trans)formação de um médico professor. Temas em Educação e Saúde , Araraquara, v. 19, n. 00, p. e023016, 2023. DOI: 10.26673/tes.v19i00.18359. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/tes/article/view/18359. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Relatos de Experiência