A produção de materiais didáticos: entrevista com Neus Sans Baulenas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29051/el.v5i1.12410

Palavras-chave:

Material didático, Produção editorial, Tendências metodológicas, Política editorial.

Resumo

Esta entrevista com a professora de espanhol como língua estrangeira (E/LE) Neus Sans Baulenas, autora de materiais didáticos de Espanhol como Língua Estrangeira da Editora Difusión da Espanha, tem como objetivo conhecer sua trajetória como escritora há mais de 36 anos e saber o que pensa sobre sua produção editorial. A entrevista também revela a percepção da autora sobre as tendências metodológicas atuais no ensino de línguas e sua opinião sobre questões relacionadas a certas políticas editoriais contemporâneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Aparecida Teves Cabral Bruno, Universidade de São Paulo

Doutora em língua espanhola, Mestre em Linguística e Graduada e Licenciada em Letras (português e espanhol) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Universidade de São Paulo/FFLCH/USP. Atualmente, é docente das disciplinas de Língua Espanhola e de pós-graduação da Área de Língua Espanhola do Departamento de Letras Modernas da FFLCH/USP. É líder do Grupo de Pesquisa “Recursos didáticos para a aula de Espanhol como Língua Estrangeira (E/LE)”, que recebeu o Prêmio Cristóbal de Villalón em 2010 pelo trabajo “De un género a otro: La didáctica de la transformación”. É autora de diversos artigos, do livro Construção da Impessoalidade em sala de aula, organizadora do livro Ensino-Aprendizagem de Línguas Estrangeiras: Reflexão e Prática pela Editora Claraluz, co-organizadora do livro Ensino-aprendizagem de inglês e espanhol no Brasil: práticas, desafios e perspectivas, pela Pontes Editores e co-autora das coleções Hacia el Español e Español: Entérate!, pela Editora Saraiva. Atua principalmente nos seguintes temas: aquisição, aprendizagem e ensino de espanhol como língua estrangeira (E/LE) e formação de professores de E/LE á luz do Pensamento Complexo.

Referências

BRUNO, Fátima A. T. Cabral. O livro e a reforma do pensamento. In: BARROS, Cristiano Silva de; COSTA, Elzimar Goettenauer de Marins; FREITAS, Luciana Maria Almeida de. (Orgs.). O livro didático de espanhol na escola brasileira. Campinas: Pontes Editores, p. 387-404, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundação Nacional de Desenvolvimento da Educação. Edital de convocação para o processo de inscrição e avaliação de obras didáticas para o Programa Nacional do Livro Didático – PNLD 2018. Edital de convocação 04/2015 – CGPLI. Brasília, 2015. Disponível em: http://222.fnde.gov.br/programas/livro-didatico/livro-didatico-editais. Acesso em: 24 set. 2016.

OLIVEIRA, João Batista Araújo e; GUIMARÃES, Sônia Dantas; BOMÉNY, Helena Maria Bousquet. A política do livro didático. São Paulo: Summus; Campinas: Ed. da Universidade de Campinas. 1984.

Publicado

30/04/2019

Como Citar

TEVES CABRAL BRUNO, F. A. A produção de materiais didáticos: entrevista com Neus Sans Baulenas. Revista EntreLinguas, Araraquara, v. 5, n. 1, p. 92–99, 2019. DOI: 10.29051/el.v5i1.12410. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/entrelinguas/article/view/12410. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Entrevistas