Tocando a vida: terapia comunitária integrativa como ferramenta de reinserção social para adictos

Nair Meneses dos Santos

Resumo


O presente trabalho nasceu do interesse de conhecer o campo da dependência química e da necessidade de um enfoque interdisciplinar tanto para uma análise quanto para uma intervenção específica que pudesse proporcionar, de fato, a reinserção social dos adictos da Casa Terapêutica ACATDF. O objetivo foi o de promover a realização de rodas de TCI que possam contribuir como ferramenta de reinserção social, enfatizando a importância de reconhecermos os potenciais e competências existentes no adicto. As rodas foram realizadas quinzenalmente com uma duração de uma hora e meia. Ao longo desse tempo, foram realizadas dinâmicas que elevam a auto-estima e resgatam a criança perdida, apresentação e reflexões dos problemas. Os integrantes do grupo eram os internos, variando entre 14 a 16 pessoas do sexo masculino. A maioria é encaminhada pelas Casas Abrigo quando estão superlotadas; outros pela VEPEMA/DF; poucos pelas famílias; e, alguns outros buscam abrigo por si mesmo. Observou-se que as rodas nos propiciaram avaliar e concluir que a baixa auto-estima do grupo é um dos grandes problemas a serem enfrentados. A partir das conversas, discussões para trabalhar a questão do preconceito e enfatizar que as soluções estão no coletivo, no compartilhar, na identificação com o outro, no respeito às diferenças, foi possível observar a elevação da autoestima na maioria dos participantes e uma melhor capacidade do exercício do direito à cidadania. Além disso, espera-se que essa experiência possa contribuir para a formulação de políticas públicas que de fato promovam a reinserção dos indivíduos que sofrem de dependência química.

Palavras-chave


Terapia comunitária integrativa; Reinserção; Dependência química;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26673/tes.v9i0.9587



Temas em Educ. e Saúde, Araraquara, SP, Brasil, e-ISSN 2526-3471, ISSN 1517-7947

Prefixo DOI: 10.26673/rtes

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.