Estágio e literatura: uma abordagem interdisciplinar e reflexiva

Marilda Vinhote Bentes

Resumo


Este artigo consiste em um relato de experiência a partir da aplicabilidade do Projeto “Estágio e Literatura: uma abordagem interdisciplinar e reflexiva”, executado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima-IFRR/Campus Boa Vista, no ano de 2016, nos Módulos V e VI, do Curso Licenciatura em Letras-Espanhol e Literatura Hispânica. O trabalho teve como objetivo principal oferecer um processo interdisciplinar com foco na pesquisa e prática do ensino de língua espanhola, envolvendo os movimentos literários com sufixo -ismo. Para tanto, utilizou-se, como metodologia, um estudo de caso, por meio do Componente Curricular Estágio I e II: Pesquisa e Prática no Ensino Fundamental (6º ao 9º Ano), com aplicabilidade de aulas teóricas e práticas, bem como o uso de aulas dialogadas, orientações e supervisões. Tal docência amparou-se na abordagem funcionalista da língua, segundo Givón (1979) e Bybee (2010), tendo a literatura, por meio dos ismos, como guia condutor para o sucesso em sala de aula, a partir das ideias de Nogueira (2008). Ambas as bases teóricas foram vislumbradas pelas atividades de estágio para um fazer pedagógico significativo, conforme descrito por Barreiro e Gebran (2006) e outros autores relevantes a este trabalho. A experiência permitiu que no decorrer do processo a docente agisse como mediadora e, os acadêmicos, como protagonistas do processo de ensino-aprendizagem.


Palavras-chave


Estágio; Literatura; Funcionalismo; Abordagem reflexiva.

Texto completo:

PDF

Referências


BARREIRO, I. M. de F.; GEBRAN, R. A. Prática de ensino e estágio supervisionado na formação de professores. São Paulo: Avercamp, 2006.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: 3º e 4º Ciclos do Ensino Fundamental. Brasília: Ministério da Educação. Secretaria da Educação Fundamental, 1998.

BYBEE, J. Language, usage and cognition. Cambridge: Cambridge University Press. 2010.

GARCIA, J. A. Interdisciplinaridade segundo os PCNs. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 17, n. 35, p. 363-378, set./dez. 2008.

GIVÓN, T. On Understanding Grammar. New York: Academic Press, 1979.

IFRR – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA. PPC Letras Espanhol e Literatura Hispânica. In: Laurido, E. D. (Org.). Plano Pedagógico do Curso de Licenciatura em Letras Espanhol e Literatura Hispânica. Boa Vista: 2015. p. 11-23.

IFRR – INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA. Resolução do Conselho Superior do IFRR nº 292, de 5 de maio de 2017. Dispõe sobre o Regulamento Geral para Realização de Estágio Curricular supervisionado dos Cursos do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Roraima (IFRR). Boletim de Pessoal e Serviço da Reitoria do IFRR, Boa Vista, RR, n. 23, 2017.

LIBÂNEO, J. C. Reflexividade e formação de professores: outra oscilação do pensamento pedagógico brasileiro. In.: PIMENTA, S. G.; GHEDIN, E. (Org.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e critica de um conceito. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 63-93.

NOGUEIRA, S. R. O papel da literatura no ensino de LE. In.: DURÃO, A. B. ANDRADE, O. G.; REIS, S. (Org.). Reflexões sobre o ensino das línguas estrangeiras. Londrina: UEL, 2008. cap. 7, p. 159-182.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M S. L. Estágio e docência: planejando o estágio em forma de projetos. 2ª ed. 2ª parte. 2004.




DOI: https://doi.org/10.29051/rel.v4.n1.2018.10737



Direitos autorais 2018 Revista EntreLínguas



Rev. EntreLínguas, Araraquara, SP, Brasil. e-ISSN: 2447-3529, ISSN: 2447-4045

DOI Prefix: 10.02951/rel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.