Ensino da língua inglesa para surdos desde uma perspectiva de práticas translíngues: motivações e interesses

Jorge Armando Becerra-Calero, Angélica María Rojas-Isaza

Resumo


O artigo a seguir teve como objetivo analisar os processos linguísticos e de assimilação que facilitaram a aprendizagem das estruturas básicas do inglês escrito em estudantes surdos. A pesquisa se enquadrou na metodologia denominada Investigación Acción Participativa (FALS BORDA, 1987), e foi desenvolvida com uma mostra correspondente a seis alunos surdos de ensino meio, falantes da língua de sinais, em uma instituição pública de Armênia, na Colômbia. Os dados foram coletados em 20 intervenções durante um semestre acadêmico, por intermédio de gravações de vídeo e entrevistas. As aulas foram feitas tomando como referência o nível morfossintático gramatical do inglês, correspondente ao nível A1 do Marco Comum Europeu, e focalizadas na perspectiva metodológica de práticas translíngues (CANAGARAJAH, 2013; GARCÍA; WEI, 2014). As conclusões deste trabalho mostraram que não só se relacionam aspectos cognitivos ao processo de aprendizagem, senão que este envolve necessidades, usos, relações e adaptações aos novos conhecimentos.


Palavras-chave


Estudantes surdos; Inglês língua estrangeira; Práticas translíngues; Língua de sinais; Nível morfossintático

Texto completo:

PDF

Referências


BAQUERO, S. ¿Cómo narran los escolares limitados auditivos colombianos? Portal de revistas UN, Bogotá, n. 16, p. 30-97, 2003.

BENVENISTE, É. Problemas de Lingüística Geral. Tradução de Maria da Glória Novak e Luiza Neri. San Pablo: Ed. Nacional; Ed. da Universidade de São Paulo, 1976.

CHILITO, J. The Influence of CSL on Spanish (proyecto de grado). Armenia: Universidad del Quindío, 2010.

CONSEJO DE EUROPA. Marco común europeo de referencia para las lenguas. Madrid: Ministerio de Educación, Cultura y Deporte, Subdirección General de Cooperación Internacional, para la edición impresa en español, 2002.

GARCÍA, O; WEI, L. Translanguaging: Language, Bilingualism and Education. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2014.

OVIEDO, A. Apuntes para una gramática de la lengua de señas colombiana. Cali: Universidad del Valle / INSOR, 2001.

OVIEDO, A. (2006). La vida y la obra de Juan Pablo Bonet (1573‐1633). Cultura Sorda. Disponible en: Acceso el: 16 julio 2017.




DOI: https://doi.org/10.29051/rel.unesp.v4.n2.2018.11619



Direitos autorais 2018 Revista EntreLínguas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Rev. EntreLínguas, Araraquara, SP, Brasil. e-ISSN: 2447-3529, ISSN: 2447-4045

DOI Prefix: 10.02951/rel

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.