Competência linguocultural como base para proficiência em língua estrangeira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29051/el.v7iEsp1.14878

Palavras-chave:

Linguoculturologia, Interferência intercultural, Identidade linguística, Alemão, Russo

Resumo

O artigo se dedica ao problema da formação da competência linguística e cultural durante uma aula de língua estrangeira no Ensino Fundamental II. A influência da interferência intercultural será significativamente compensada pela inclusão do aspecto linguoculturológico no conteúdo do ensino de língua estrangeira, o que poderia servir como um sistema de valores unificadores que nos permite compreender os limites de nossa própria identidade linguística e a identidade de um nativo falante da língua. O artigo analisa os resultados de uma experiência pedagógica voltada para a formação da competência linguoculturológica de alunos do ensino médio. Todos os métodos e técnicas de ensino foram orientados para estimular a atividade de fala criativa dos alunos, bem como cognitiva, o que aumentou a eficiência do ensino da língua estrangeira. Os autores confirmaram a hipótese de que o processo de ensino de língua estrangeira terá mais sucesso se o aspecto linguoculturológico estiver incluído no conteúdo desse ensino, compreendendo a utilização de informações linguísticas e culturais como fonte valiosa de material linguocultural. Por isso, foram criadas as condições para uma assimilação bem-sucedida de conhecimentos, a formação e o aprimoramento da competência linguocultural na aula de língua estrangeira. Os resultados de uma experiência pedagógica podem ser usados em uma aula de língua estrangeira no Ensino Fundamental II.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elena Antonovna Tulusina, Kazan Federal University (KPFU), Kazan

Associate Professor of the Department of General Linguistics and Turkology, Institute of Philology and Intercultural Communication. PhD in Philology.

Aida Gumerovna Sadykova, Kazan Federal University (KPFU), Kazan

Professor of the Department of General Linguistics and Turkology, Institute of Philology and Intercultural Communication, PhD in Philology.

Zarema Mukhtarovna Zaripova, Kazan Federal University (KPFU), Kazan

Associate Professor of the Department of General Linguistics and Turkology, Institute of Philology and Intercultural Communication, PhD in Philology.

Charles Frederic Carlson, Kyrgyz-Turkish Manas University (KTMÜ), Bishkek

Professor.

Referências

AYUPOVA, R.; ARSENTEVA, E.; LUTFULLINA, G.; NIKULINA, E. Identifying The Key Components of Phraseological Units. Humanities & Social Sciences Reviews, v. 8, n. 1, p. 233-239, 2020.

DAVLETBAEVA, D. N.; MEIQI, L.; MINJAR-BELORUCHEVA, A. P. Linguistic Knowledge Of Russian And English Bilinguism In Educational Discourse. Modern Journal of Language Teaching Methods, v. 8, n. 10, p. 419-422, 2018.

GURYANOV, I. O.; RAKHIMOVA, A. E.; RUDNICK, A. Socio-cultural aspect of coloristic components of idioms in german discourse. QUID: Investigación, Ciencia y Tecnología, n. 1, p. 800-805, 2017.

MUKHAMADIAROVA ALBINA, F.; MERKISH NATALIYA, E.; KULKOVA MARIYA, A. The advantages of using multimedia cultural and linguistic environment in the process of teaching foreign languages. Revista Publicando, v. 5, n. 16, p. 332-339, 2018.

PLANKINA REGINA, M.; PESTOVA MARIA, S.; TARASOVA FANUZA, H.; YAKHINA ALBINA, M. Evaluative Component in the Meaning of Verbal Phraseological Units of English, Russian and Tatar Languages. Journal of Research in Applied Linguistics, v. 10, n. 2, p. 762-769, 2019.

SOLNYSHKINA, M.; KAZACHKOVA, M.; GAFIYATOVA, E.; VARLAMOVA, E. Linking words in russian social studies course books: a study on text complexity. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON EDUCATION, SOCIAL SCIENCES AND HUMANITIES, 4., 2018, Dubai. Proceedings […]. Dubai: SOCIOINT, 2018. p. 764-771.

TAYUPOVA, O. I. Extralinguistic Features Of Texts Nemeckij Yazyk V Bashkortostane: Problemy I Perspektivy. In: Materialy 6-j Mezhdunarodnoj nauchno-prakticheskoj konferencii. 2011. p. 194-199.

TULUSINA, E. A.; SADYKOVA, A. G.; FREDERIC, C. Determination of national specificity of perceiving the concept “learning” in german and russian through the association experiment. Astra Salvensis, v. 10, 2017.

ZHUMASHEVA, A. S.; SAMETOVA, F. T.; MUKTAROVA, E.; BATYRKHAN, B. S.; SULTANIYAZOVA, I. S. About a lingvocultural interference in the conditions of dialogue between cultures. Life Science Journal, v. 11, n. esp. 7, p. 360-364, 2014.

Publicado

28/02/2021

Como Citar

TULUSINA, E. A.; SADYKOVA, A. G.; ZARIPOVA, Z. M.; CARLSON, C. F. Competência linguocultural como base para proficiência em língua estrangeira. Revista EntreLínguas, Araraquara, v. 7, n. Esp1, p. 105–125, 2021. DOI: 10.29051/el.v7iEsp1.14878. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/entrelinguas/article/view/14878. Acesso em: 12 abr. 2021.