Avaliando a leitura das traduções com o objetivo de identificar o público Estudo de caso: o livro do príncipe pequeno

Autores

DOI:

https://doi.org/10.29051/el.v7iesp.7.16306

Palavras-chave:

Educação, Tradução, Idioma, Índice de legibilidade em flash

Resumo

Uma questão essencial na educação é a discussão da leitura de textos. Neste artigo, o objetivo é estudar e comparar a legibilidade da obra clássica de O PRÍNCIPE MENINO e suas traduções, por um lado, e o público desta obra em diferentes idiomas, por outro. As obras clássicas foram comparadas e examinadas com quatro ingleses, alemães, italianos e espanhóis em termos de legibilidade e índice de audiência. A amostragem aleatória do texto em francês foi feita em 5 seções diferentes. As seções correspondentes de cada uma das amostras do texto francês foram extraídas das traduções e, em seguida, todas as amostras foram examinadas usando o índice de legibilidade flash. Este resultado indica que o índice do Flash não é adequado atualmente para os idiomas italiano e espanhol. Portanto, de acordo com a natureza e categoria de idioma, o índice de legibilidade em flash para esses dois idiomas deve ser ajustado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roza Iosifovna Sitdikova, Law Faculty, Kazan Federal University

Doctor of Juridical Sciences, Professor, Department of Business and Energy law

Dmitriy Anatolievich Petrov, Saint Petersburg State University

Doctor of Juridical Sciences, Associate Professor, Department of commercial law

Referências

Baghdasaryan, A.F. (2008). Civil law problems of concluding a franchising agreement: thesis for the degree of candidate of legal sciences. - Moscow,.- 257 p.

Dudin, D.I. (2014). The counterparty prohibits concluding similar agreements with third parties. When such a prohibition complies with the law. Arbitration practice, 9, P. 57.

Kulakovsky, V.V. (2017). Antimonopoly regulation of a franchise agreement. Property relations in the Russian Federation, 10, 95 - 102

Raad, P. (2014). EFFECTIVENESS OF EU LAW AND POLICY ON VERTICAL RESTRAINTS AT PROTECTING COMPETITION. Wroclaw Review of Law, Administration & Economics, 3(1), 119-125 [Digital source]. URL: https://cyberleninka.org/article/n/670884 (access mode: 06.07.2020).

Sitdikov, R.B. (2017). Legal protection of know-how in Russia. - M.: Statut,- 144 p.

Sova, V.V. (2015). Agreements on the disposal of the exclusive right to intellectual property: today and tomorrow. Property relations in the Russian Federatio, 12, P.9.

Suvorov, Yu.A. (2019). Agreements on exclusivity" in the light of antimonopoly legislation. Competition law, 1, P.26.

Yuritsin, A.A. (2018). Franchising and franchise agreement: results and prospects of legal regulation: monograph. - M.: Yustitsinform,.- 134 p.

COMMISSION REGULATION (EC) NO 2790/1999 of 22 December 1999 on the application of Article 81(3) of the Treaty to categories of vertical agreements and concerted practices // Official Journal of the European Communities. 29.12.1999. L 336/21-25.EUR-Lex [Digital source]. URL: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/EN/TXT/?uri=CELEX%3A31999R2790 (access mode: 06.07.2020).

Federal Law dated 28.12.2009 No. 381-FZ No. "On the Foundations of State Regulation of Trade Activities in the Russian Federation". Collected Legislation of the Russian Federation. 2010. No. 1. Article 2.

Publicado

30/12/2021

Como Citar

SITDIKOVA, R. I.; PETROV, D. A. Avaliando a leitura das traduções com o objetivo de identificar o público Estudo de caso: o livro do príncipe pequeno. Revista EntreLinguas, Araraquara, v. 7, n. esp.7, 2021. DOI: 10.29051/el.v7iesp.7.16306. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/entrelinguas/article/view/16306. Acesso em: 21 fev. 2024.